Página 1 de 3

Review Crosman M4 - Dispropil (com grupos)

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 18:50:14
por Andersonymk
O material deste review é de uso exclusivo do fórum ArmasdeAr. Sua reprodução total ou parcial só poderá ser feita fora deste espaço mediante autorização prévia do autor ou do administrador do fórum.

Review da carabina Crosman M4 .177

O ArmasdeAr juntamente com a Dispropil fechou uma parceria em que um dos resultados é a confecção de review com alguns produtos disponíveis na loja.
Este será o primeiro deles, e será apresentada a carabina de pressão Crosman M4 calibre .177.
Para acessar a loja, basta clicar no banner no início da página do ArmasdeAr.
O link direto para este produto segue: https://dispropil.com.br/produtos/carabina-de-ar-crosman-m4-177-multi-pump-4-5mm

A carabina veio acondicionada em uma caixa de papelão ondulado bastante grafada. Nela existem além das propagandas do fabricante, instruções sobre a arma, avisos sobre garantia limitada, especificações técnicas e instruções sobre segurança e utilização.
Todo material externo impresso na caixa vem em Inglês. Na parte externa em Português vem apenas propaganda da Rossi e uma etiqueta na lateral com as especificações técnicas e comerciais da arma.
Vista da parte frontal da caixa:
Imagem

Vista de uma das laterais da caixa:
Imagem

Vista do fundo da caixa:
Imagem

Descrição das partes e componentes da arma:
Imagem

Especificações técnicas
Imagem

Garantia limitada:
Imagem

Detalhes de algumas especificações de munição:
Imagem

Imagem

Imagem

Detalhe de algumas utilizações, sendo que muitas são proibidas no Brasil.
Imagem

Imagem

Vista geral da arma sem o sistema de pontaria:
Imagem

Imagem

Na parte interna da caixa vem um manual traduzido para o Português. Nele pode-se minimizar qualquer dúvida à respeito da arma. Este tem 12 páginas e deve criteriosamente ser lido antes da utilização do equipamento.
Imagem

Dentro da caixa e em letras vermelhas vem um aviso:
Imagem

Além do aviso e manual vem na caixa:
1 capa de nylon para acondicionar a carabina. Esta capa abriga com facilidade a arma, mesmo com uso de uma luneta.
1 óculos de proteção
1 carregador para cinco chumbos tipo diabolo
1 massa de mira para trilho de 20mm
1 alça de mira para trilho de 20mm
1 chave alen
1 chave plástica para ajuste de elevação do POI

1.medidas da carabina:
massa..........................................................1.610 gramas (sem as miras)
massa..........................................................1.706 gramas (com as miras)
comprimento com a coronha aberta........................860 mm
comprimento com a coronha fechada......................777 mm
comprimento sem a parte de trás da coronha............610 mm
largura dos trilhos para luneta e miras....................20mm
largura dos trilhos para demais equipamentos...........20mm
comprimento útil do trilho principal........................160mm
comprimento útil do trilho frontal..........................44mm
comprimento do trilho debaixo da telha...................50mm

2.Detalhes da arma:
A carabina vem toda em plástico, exceto o cano e a parte da câmara onde é feita a compressão do ar.
Esta carenagem dela trás diversos detalhes como visto abaixo:

Ponta do cano:
É feita numa peça plástica e nela existem dois trilhos de 20mm. O superior serve principalmente para montar o sistema de massa de mira, embora possa abrigar outro tipo de equipamento que tenha um mout de 20mm também.
Na parte debaixo também existe um trilho de 20mm que abriga outros equipamentos como uma lanterna tática ou laser por exemplo.
Essa peça pode ser removida desde que sejam retirados os dois parafusos que a prendem e deve ser puxada para frente. Ela não dá sustentação ao cano.
Imagem

Telha:
A telha da arma tem formato bem arredondado e possui também um trilho de 20mm.
Pelo formato da telha não é muito aconselhável para tiros apoiados, pois a arma pende para um dos lados.
Essa telha, no caso desta arma de ar comprimido, tem por objetivo servir de alavanca para o sistema de bombeamento e compressão do ar. A montagem de um equipamento na parte de baixo deve ser cuidadosa, pois durante a operação de bombear este pode atingir a parte de baixo do cano.
Imagem

Lateral esquerda:
Este lado da carenagem abriga a trava de segurança. Se for movida para a direita a arma está travada.
Existe também a tampa com um orifício, por onde são abastecidas as BB de aço (somente aço).
Em cima do carregador falso* existe um inscrição para cuidados com segurança (em Inglês) e o número de série da arma.
* carregador falso: vou chamar assim para diferenciar do carregador de chumbo da arma, que é feito pela lateral.
Este carregador falso na arma de ar comprimido tem função estética e serve como depósito para as chaves que acompanham a arma.
Imagem

Parte traseira da coronha:
A coronha desta arma pode ser ajustada em dois pontos:
Uma com ela recolhida em que a arma fica mais curta e outro com ela estendida em que fica mais longa.
É possível também remover a parte de trás da coronha.
Coronha recolhida:
Imagem

Coronha estendida:
Para estender a coronha basta apertar uma trava na parte de baixo.
Imagem

Para remover a coronha da arma basta puxar este pino para trás e correr a coronha para cima:
Imagem

Imagem

Lateral direita:
Deste lado estão localizados:
alavanca do ferrolho, serve para armar o martelo e carregar a arma seja com as BB (ferrolho magnético) seja com chumbo alojado no carregador.
Deste lado encontra-se também a ponta oposta da trava de segurança. Se ele for movida para esquerda é possível acionar o gatilho.
Imagem

Massa de mira:
A massa de mira vem montada em um trilho de 20mm. è uma peça bem alta, pois a alça fica montada no trilho principal da arma.
É composta por um pino cilíndrico, preso a uma porca sextavada. essa porca serve de local para a pegada da chave de ajuste.
A elevação do POI é alterada somente pela massa de mira. Subindo a massa, o POI desloca-se para baixo (inverso das armas em que o POI é regulado pela alça).
Imagem

Chave de ajuste de elevação da massa de mira.
Imagem

A chave encaixada na massa de mira:
Imagem

Alça de mira:
Também vem montada numa peça para ser acoplada a um trilho de 20mm.
Possui dois tipos de "insert", ambos de orifício circular. Um um pouco menor e outro maior.
Para intercambiar basta fazer um movimento para frente ou para trás em 90º.
O controle de lateralidade do POI é feito nesta peça, com uso de uma chave de fenda. Na peça existe gravação para que lado girar para mover o POI para esquerda ou direita.
Imagem

Cabe aqui uma observação do sistema de miras:
Como a arma á uma cópia da arma de fogo. E como a original não me parece ser uma arma para alta precisão, o sistema de miras acompanha esta característica. Ele não fornece uma visada precisa, mas fornece uma visada mais rápida.
Se desejarem um sistema mais preciso seria bom usar uma luneta.

Aqui um visual do sistema de mira:
Imagem

Imagem

Carregador falso:
Este carregador pode ser removido pressionando-se dois botões (um à frente e outro à trás). Dentro dele tem uma espuma com rasgos onde poder ser guardadas as chaves.
Imagem

Carregador dos chumbos:
O carregador onde vão os chumbos é este:
Imagem

Nele é possível adicionar cinco chumbos tipo diabolo.
É importante lembrar que deve ser chumbo tipo diabolo, pois a clip que prende os chumbos no carregador é um pequeno pino plástico que segura o chumbo pela "cintura". Ou seja: outro formato de chumbo pode não ficar corretamente preso no local.
É importante verificar que existe lado certo para por os chumbos, identificável pela presença deste clip.
Este carregador também tem lado certo para entrar na arma, na parte superior dele tem pequenos rasgos (num total de cinco) que devem ficar para cima. Estes rasgos marcam a correta posição do carregador na arma, para que o chumbo seja alimentado no cano ao se fechar o ferrolho.
Caso não esteja alinhado, não se consegue fechar o ferrolho.
Imagem

obs O municiamento desta carabina não é automático. à cada disparo este carregador deve ser movido para a posição do próximo chumbo de forma manual.

Usando a arma:
O sistema de municiamento e disparo desta carabina requer uma série de operações:
1º por a trava de segurança em modo que a arma não dispare:
Isso é feito movendo-se a trava de segurança da esquerda para a direita.
Aqui a trava à frente do gatilho. Nesta posição (vermelho aparecendo) o gatilho pode ser acionado disparando a arma.
Imagem

2.em seguida abastecemos o carregador com o chumbo desejado:
Imagem

3.Puxamos o ferrolho para trás, permitindo armar o martelo e deixando espaço para encaixar o carregador da direita para esquerda.
Quando sentir que o rasgo do carregador pôs o chumbo na posição, basta voltar o ferrolho e haverá um chumbo no cano e o martelo armado para disparar.
Aqui o ferrolho para trás:
Imagem

4.Encaixe do carregador com ferrolho para trás:
Imagem

5.Ferrolho fechado e arma com um chumbo no cano:
Imagem

Se neste ponto a ferrolho for novamente acionado ele vai fazer o percurso mais leve, pois não estaremos comprimindo de novo a mola do martelo, que já estava armado.
Neste caso se o carregador não for movido não haverá risco de pôr dois chumbos no cano.

6.Bombeando:
Agora basta bombear a arma, o que é feiro com a parte da telha da arma.
O número de bombadas varia de no mínimo três e no máximo dez.
Imagem

Após bombear, basta fechar a telha para a posição normal:
Imagem

7.agora com a arma apontada para a direção da linha de tiro (direção segura) basta soltar a trava, visar e acionar o gatilho.
Imagem

à cada disparo esta operação deve ser repetida e à cada cinco disparos o carregador deve ser completado
Ou seja: está arma deve sem bombeada tiro à tiro - ela só realiza um disparo por ciclo de carga

M4 desmontada:
Como a curiosidade matou o gato resolvi desmontar esta carabina para ver.
É relativamente fácil de desmontar, exceto pelos parafusos da carenagem que não são bem de fenda, mas sim um sistema que combina uma fenda com um losango.
Se tiver paciência e uma boa chave de fenda pode-se desmontar com facilidade, pois os parafusos são de rosca soberba e não vêm com muito torque.

OBS: desmontar foi moleza. O duro foi remontar as 895 molas que a arma tem. @@ @@ @@

Parte interna da carenagem esquerda.
Na foto tem legenda das partes.
Notem que tem um pino em cada uma, acredito que para manter a centro de gravidade deslocado para baixo e não permitir a arma ficar virando com facilidade.

Imagem

Gatilho:
Aqui vai um ponto em que achei muito negativo na arma. A tecla é de plástico e a molas são bem fortes. Essa combinação não dá muito conforto para atirar.
Mas temos que levar em consideração também para qual uso esta carabina foi feita. Por isso acredito que tenha este sistema bem pesado para minimizar um disparo acidental.
Para aliviar o gatilho, basta por molas mais fracas e polir o desconector.
Imagem

Esta é a mola do gatilho:
Imagem

Em cima dela vai esta chapa de metal que serve como alavanca para montagem.
Imagem

Gatilho no lugar:
Imagem

Aqui o desconector e a sua mola de acionamento no lugar:
Imagem

Basicamente este é o sistema do gatilho. O pior de tudo durante a montagem é que a tensão das molas tende a jogar tudo longe. KKKK
Dai tem que ter uma paciência muito grande para montar.

Câmara de compressão e cano:
Segue as fotos da entrada do cano e da câmara onde o ar fica comprimido.
Não desmontei a câmara porque os pinos são rebatidos e para removê-los tem que danificar e substituir.
Imagem

Mola do martelo e guia:
Imagem

Ferrolho:
Imagem
A ponta deste ferrolho é magnetizada e serve para "capturar" as BB de aço no canal de passagem e colocá-las uma à uma na entrada do cano.

Aqui o cano e seu suporte para fixação na carenagem da arma.
Imagem

Coroa do cano:
Imagem

Piloto da válvula de disparo:
Imagem

Martelo:
Imagem

Martelo dentro da câmara, notem no rasgo e percurso que ele faz.
Imagem

Transfer port:
Imagem

Sistema da bomba:
Imagem

A válvula fica presa bor um rebaixo na câmara e não sai por este lado. Para sair é para o lado oposto (sentido da bucha). Mas esta parte não pode ser desmontada com facilidade por causa dos pinos.
Imagem

Aqui detalhe da articulação da telha, onde fica o ponto de apoio para permitir a bomba funcionar corretamente.
Imagem

Detalhes da câmara, ferrolho e entrada do cano:
Imagem

A mola do martelo fica comprimida por este guia de plástico.
Esse guia fica encaixado na carenagem da arma (tem um pino) que mante a mola ligeiramente tensionada.
Esta foi a pior parte de montar, pois a massa do cano faz com que a câmara se levante e desencaixe. Com isso a mola do martelo joga o guia longe.
Quando o guia não sai voando o gatilho sai. KKKKKKKKKKKKK +++ @@ || ~~ :lol: :lol: :lol:

Basicamente esta é a primeira parte deste review.
Falta fazer uns grupos com a arma, testar a velocidade e fazer as considerações finais.
Fim de semana terei tempo para isso.

atualizado em 01.06.2013

Seguem alguns grupos feitos com a Crosman M4.
Um dos maiores problemas que observei para fazer bons grupos está relacionado com a fota de ter que bombear a arma antes de cada disparo.
Chega num ponto em que seu ritmo cardíaco se acelera e com a pulsação fica mais difícil de visar corretamente.
Outro ponto negativo e que atrapalha os agrupamentos é o gatilho muito pesado.

1. Inicialmente os testes com chumbos de massas diferentes para ver qual se adequaria melhor.
Todos os disparos foram feitos com 10 bombadas.
Legendas nas fotos:
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem


2. Disparos feitos à 20 metros com JSB exact 4,52mm
Imagem

Imagem

Imagem

3. Um teste à 20 metros com cinco bombadas.
Imagem

Testes feitos quando a arma chegou em local fechado e bem descansado.
Imagem

Imagem


No outro tópico sobre esta carabina, o usuário Duda alertou para uma diferença no raiamento desta carabina. Segundo a informação passada por ele o cano desta arma tem a crista das raias com 4,5mm e os vales com calibre ligeiramente maior.
Isso se deve ao fato dela ser preparada para uso com BB de aço.

Com isso resolvi dar uns disparos na água e recolher os chumbos para var as marcas das raias.
Podem notar que realmente são pouco pronunciadas.
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Teste de velocidade com JSB Exact Express e JSB exact
Imagem






Abraço.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 19:07:48
por Antornogueira
Este Japones é foda .... ~~ ~~ ~~ ~~ ~~

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 19:13:51
por Erivan
Show!!! Parabéns Anderson, eu quando soube que seria feito o review já sabia quem seria o autor.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 19:51:52
por Feitosa
Muito bom cara, parabéns pelo trabalho

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 20:10:59
por EDUMMELLO
Excelente review Anderson.

Obrigado por nos brindar com ele.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 20:14:51
por lucasvaldivia
hunnn a espera de agrupamentos

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 20:38:39
por Halieuta
{CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP}

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 20:54:33
por cooper
show, novamente parabens!

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 20:59:44
por Erivan
Estou louco pra pegar uma destas e colocar como PCP regulada ou CO2...

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 21:26:32
por viniciusvasconcelos
Belo trabalho, ótimas fotos...

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 21:48:52
por GioB.50
ta de parabens {CLAP}

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 22:02:01
por Diego Pirola
ÓTIMO REVIEW!!!

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 27/05/2013 - 22:21:11
por jose.resende
Meu parabéns pelo trabalho...

Muito bom mesmo

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 28/05/2013 - 08:28:23
por breu
Excelente Review Andersonymk.
Fico surpreso com sua coragem em desmontar uma arma tão novinha, e tão frágil.
Parabéns.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 28/05/2013 - 09:30:45
por M4RC0S
muito bom review, Anderson.

nem em site gringo ví nada parecido sobre essa arma. parabéns.

agora, é esperar os resultados dos tiros.

mas, o visual da arma é sensacional, na minha opinião.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 28/05/2013 - 09:47:18
por Gera
E ficou fazendo docinho que a carabina era muito difícil de desmontar... :lol: :lol: :lol: :lol:
Esse Jiraya não tem jeito não...É foda mesmo...
Parabéns meu camarada!!!!! {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP} {CLAP}

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 28/05/2013 - 11:53:31
por Kaka.rj
Como todo review feito pelo Anderson é só mas um...

Impecável

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 30/05/2013 - 10:20:58
por D'elite
Parabéns Anderson, bem detalhado, vamos ver agora do que ela é capaz nos alvos de papel rsrsrs.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 30/05/2013 - 17:28:59
por gustavozaz
parabéns meu amigo! ta de parabéns! eu tive uma classic 2100 era uma chatisse trocar os aneis e o anel da transfer port é oq mais estragava, demorei achar um q prestasse pra colocar ali.... vc acha que esta poderá estragar menos estes aneis?
abração e mais uma vez parabéns :D

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 31/05/2013 - 10:32:18
por karolaza
Review de tirar o chapéu!!! {CLAP} Depois destes detalhes todos não tem como não saber tudo sobre este equipamento.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 31/05/2013 - 16:29:35
por Andersonymk
gustavozaz escreveu:parabéns meu amigo! ta de parabéns! eu tive uma classic 2100 era uma chatisse trocar os aneis e o anel da transfer port é oq mais estragava, demorei achar um q prestasse pra colocar ali.... vc acha que esta poderá estragar menos estes aneis?
abração e mais uma vez parabéns :D


Por enquanto os o'ring estão funcionando sem vazamento.
Não sei se com maior uso eles vão vazar.
Acredito que como a arma é importada pela Rossi, eles deve ter o'ring de boa qualidade para substituição.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil

MensagemEnviado: 31/05/2013 - 23:02:56
por ChicoMascarenhas
Mais um ótimo review de Anderson!!! Simplesmente: Parabéns!!!

Re: Review Crosman M4 - Dispropil (com grupos)

MensagemEnviado: 01/06/2013 - 11:12:59
por Andersonymk
Tópico atualizado hoje com os agrupamentos.

Re: Review Crosman M4 - Dispropil (com grupos)

MensagemEnviado: 01/06/2013 - 12:04:35
por cooper
Porrrrrr..... agora vc foi DICUNFORÇA, disparos na água para verificar raiamento???!!! tirou onda agora! ***

Re: Review Crosman M4 - Dispropil (com grupos)

MensagemEnviado: 01/06/2013 - 12:28:09
por IANO PAVIE
PARABÉNS Anderson, pela excelente atualização e condicionamento físico rssss, pois aja bomabada... Esse é o único fato que me deixa em dúvida se devo ou não adquirir uma M4. O que achou,as malditas bombadas, realmente comprometem a satisfação em usar a arma ? Bons tiros