Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Para avisos, comunicacoes e recados entre os participantes das equipes de Tiro de ar comprimido dos clubes Brasileiros

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Igor » 13/08/2013 - 19:20:20

Pessoal, é com muita satisfação que venho aqui agradecer à todos pelo apoio e torcida, sem o apoio de todos essa jornada não teria sido possível.

Um abraço especial pro Nogueira que ajudou de todas as formas possíveis.

A experiência foi inédita, aprendemos muito em todos os sentidos.

As histórias, artigos e fotos já estão no site do time:

http://www.benchrest.com.br/T.B.T/WRABF_2013.html

Grande abraço!
Igor Porto Custom Shop
http://www.igorporto.com
Avatar de usuário
Igor
AA Nivel 1
 
Mensagens: 76
Data de registro: 03/11/2011 - 16:50:29
Localização: Uberlândia - MG
Agradeceu: 6 vezes
Foi agradecido: 7 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor ac47 » 13/08/2013 - 20:38:32

Repetindo o sentimento de todos os outros atiradores, Parabéns para todos

Arlindo
FX Wildcat 5,5mm
HW100 Especial Edition 4,5mm
Criket 5,5mm
Feinwerkau 300S Universal 4,5mm
Feinwerkau 300S Match 4,5mm
HW30S 4,5mm
Pistola Gamo Compact
ac47
Usuario VIP
 
Mensagens: 649
Data de registro: 09/05/2009 - 23:17:06
Localização: Rio de Janeiro
Agradeceu: 2 vezes
Foi agradecido: 9 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor pedroashidani » 14/08/2013 - 21:03:45

Dia de treinamento 2
O segundo dia de treinamento, começou cedo. Acordamos por volta das 6:00Hs da manhã, para conseguirmos chegar no estande por volta das 8:00Hs. Os treinos começam à 9:00Hs, mas existia um certo ritual a ser executado. A segurança é muito importante, e as armas só podem ser levadas para a mesa com autorização do Range Officer, em um momento apropriado. Assim, antes do treino começar, os atiradores devem colocar o alvo, ajustarem as bandeiras, preparar os apoios, etc.
Imagem
Figura 1 - Estande de tiro

São 10 minutos de preparação. Durante tempo de preparação, a área de tiro é evacuada, verificada pelo Range Officer para finalmente levar as armas para a bancada. As armas devem ser transportadas com ferrolho aberto, com uma bandeira de segurança inserida na câmara e apontadas para cima ou para o chão. Esgotado o tempo de preparação, o Range Officer verifica se todos os atiradores estão prontos e inicia o treino com o comando: “Commence Fire”.
Imagem
Figura 2 - Atiradores preparando-se para o treino ( o que o australiano está fazendo com a marreta?)

Os atiradores têm 20 minutos para praticar. Como o número de mesas disponíveis para treino é reduzido, os atiradores devem se revezar. Foi reservada uma mesa para o time brasileiro, portanto cada atirador treinava 20minutos e aguardava uma hora. Para não desperdiçar tempo de treinamento o almoço era ignorado.
Alguns erros de iniciantes eram cometidos, como não levar chumbo suficiente para o treino, esquecer de hidratar-se adequadamente entre outros. Esgotado o tempo de treino, o comando “Cease Fire” era emitido, e após o comando qualquer disparo poderia ser punido com a desqualificação do atirador. As armas eram colocadas novamente em segurança com o ferrolho aberto e a bandeira de segurança inserida na câmara. Todas as armas eram vistoriadas e se estivessem seguras o comando para tirar as armas das mesas era emitido.
Imagem
Figura 3 - Treino

Os atiradores têm 10 minutos para trocar as bandeiras de vento, retirar o alvo usado e substituir por um novo, trocar os apoios da arma, levar munição, água e toda a parafernália que seria usada na próxima seção de tiro.
Quem não estava treinando aproveitava para limpar o cano da arma, ir ao banheiro, encher o cilindro da arma e conversar com outros atiradores. Próximo ao time brasileiro estava do lado direito o time da Ucrânia, que chegou e treinou somente no dia 2, por problemas de visto. E do lado esquerdo o time da Rússia, liderada pelo atirador Alexey Soldatov, criador da arma Ataman.
Um pouco mais à direita tínhamos o time sueco, com a presença do Thomaz Holmstrom que possui vídeos de agrupamentos muito legais no youtube com o nick ThomazFeinwerkbau. Um pouco mais adiante ficou o time do reino unido, atiradores do naipe de Carl Boswell, Ron Harding, Colin Renwick, Grahan Freeman, Alan Grayson entre outros.
Em conversa com o time da Ucrânia, na verdade somente Volodymyr Alexandrovich ( o único que falava inglês) percebemos um conhecimento técnico muito grande do time da Ucrânia e que deveríamos prestar atenção neles.
Imagem
Figura 4 - Flávio Vieira treinando ao lado do atirador Ucraniano que sagrou-se campeão da copa do mundo

Em termos de estrutura, o time das Filipinas foi a campeã! Imaginamos que o orçamento do time ficou maior que 100 mil euros. Quartos individuais, relações públicas, chefe de delegação, fotógrafo, técnico, carregador. Enquanto os outros times tinham que carregar as pesadas caixas de armas e apoios para o local de armazenamento todo início e final de treino, arrumar e organizar a tralha, havia uma pessoa responsável no time filipino para fazer este serviço para os atiradores.
Imagem
Figura 5 - Equipamento do time filipino

O segundo dia de treino não pode ser aproveitado em sua totalidade, pois os atiradores tinham que fazer o credenciamento de atleta na competição, porém de acordo com a lei da república Tcheca, a documentação das armas e as armas deviam ser apresentadas à organização da competição.
Imagem
Figura 6 - Fila para credenciamento

Após o credenciamento, foi necessário verificar a conformidade das armas com as limitações de potência, massa e dimensões. A arma recebia um selo de conformidade e estava pronta para a competição.
O estande de tiro possui características que dificultam muito o tiro de precisão. Muitos atiradores estavam tendo muita dificuldade em se adaptar. A temperatura alta, provocava efeitos muito difíceis de se prever. Mesmo em momentos de total ausência de vento o tiro mostrava-se muito difícil e imprevisível.
Imagem
Figura 7 - Bandeiras de vento e estande

Os alvos estavam protegidos por uma parede de aproximadamente 1m de altura, o que dificultava interpretar a intensidade e a direção do vento no alvo, também existia uma placa de metal à frente do alvo, sobre o muro que aquecia com a incidência do sol e provocava miragens.
Um telhado translúcido cobria os alvos, o que permitia a entrada da luz do sol e impedia a saída da energia térmica, mantendo ar aquecido na região do alvo, que um movimento do ar removia este ar quente eventualmente.
Tiros em momentos onde nenhuma indicação de vento era percebida, hora iam para cima, hora iam para baixa, esquerda e direita. Um verdadeiro pesadelo. Nossas bandeiras mostraram-se inadequadas paras as condições que se apresentaram e dificultou ainda mais a análise das condições de tiro.
Imagem
Figura 8 - Todd Banks reparando o regulador da carabina
Imagem
Figura 9 - Flávio Vieira, Bill Collaros, Pedro Ashidani e Carl Boswell

Durante os treinos as pontuações oscilaram entre 240 pontos a 246 pontos. O treino terminava por voltas das 17:00Hs, porém gasta-se mais uma hora para preparar as armas para o dia seguinte e mais 30 minutos para armazenar tudo nos locais adequados.
Aguardar um taxi e rumar para hotel demandava mais 45minutos. Tomar banho, jantar e selecionar chumbo para o dia seguinte tomavam o restante do tempo do time. Rotina muito cansativa.
Pedro Ashidani
Steyr LG-110 FT 4,5mm/5,5mm
Weihrauch HW97K Inox 4,5mm
Weihrauch HW35E Inox 4,5mm
Weihrauch HW50S Inox 4,5mm
BAM B26 4,5mm
Stoeger X20 (Ganhei!!) 5,5mm
Rossi b2 86 4,5mm
Farlei front rest
SEB front rest
pedroashidani
AA Nivel 3
 
Mensagens: 625
Data de registro: 31/01/2010 - 23:44:56
Localização: Araxá - MG
Agradeceu: 21 vezes
Foi agradecido: 57 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Fernando Zaitsev » 14/08/2013 - 22:09:28

Pedro,
Tire uma dúvida para nós:
Mais ou menos quantos tiros disparados na república Tcheca para cada, entre treinos e provas ?
Abraços (e Parabéns novamente!)
Imagem
Fernando Zaitsev
AA Nivel 1
 
Mensagens: 152
Data de registro: 07/12/2010 - 23:38:05
Localização: Rio de janeiro - RJ
Agradeceu: 8 vezes
Foi agradecido: 0 vez

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Igor » 14/08/2013 - 23:03:13

Zaitsev, permita-me responder, apesar da pergunta ter sido feita ao Pedro.

Foram dois dias de treinamento, com uma mesa para o time brasileiro. Os treinos começavam as 9h e iam até as 16h. A cada 30 minutos começava um novo "relay" de treino, sendo 10 minutos para preparação/troca de equipamentos/alvo e 20 minutos para treino. É muito difícil aproveitar todo o tempo, pois há necessidade de preparar equipamento, limpar a arma, parar para comer, etc. Lembro-me que no primeiro dia consegui fazer 3 alvos, com média de disparos de cada um de 50 tiros. As condições eram muito ruins, demandando muitos disparos nos alvos de ensaio. No segundo dia o rendimento foi menor pois perdemos cerca de 2 horas fazendo o registro na competição e certificando as armas no cronógrafo e balança, mas lembro-me de ter feito dois alvos no segundo dia.

Nas provas, são 3 alvos por categoria; sendo duas categorias (Light e Heavy Varmint), totaliza 6 alvos por atirador.

Portanto creio que cada atirador teve a média de 11 alvos no total incluindo treino e prova. Com média de disparos de 50 tiros por alvo, o total de disparos foi de 550.
Igor Porto Custom Shop
http://www.igorporto.com
Avatar de usuário
Igor
AA Nivel 1
 
Mensagens: 76
Data de registro: 03/11/2011 - 16:50:29
Localização: Uberlândia - MG
Agradeceu: 6 vezes
Foi agradecido: 7 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Flavio Vieira » 17/08/2013 - 13:13:42

Competidores

O Benchrest é uma modalidade de tiro esportivo que começou a se popularizar há pouco tempo. Em relação as outras disciplinas esportivas, é um recém nascido.
A World Rimfire and Air Rifle Benchrest Federation (WRABF) iniciou seus trabalhos com poucos países membros. Os mais tradicionais na modalidade organizaram uma Federação Mundial com o intuito de popularizar, promover e integrar as diversas nações praticantes. Com pouco mais de 5 anos de história, a WRABF triplicou o número de países membros e com as últimas alterações das regras e ajustes técnicos, possivelmente vai chegar a 40 países filiados muito em breve.
Durante a competição o universo de equipamentos, técnicas e estilos é absurdamente variado. Pela praticamente inexistente profissionalização esportiva nesse tipo de modalidade, não existe a figura do atirador profissional, o que coloca todos os competidores em pé de igualdade. Há algum movimento por parte de alguns países, sedentos por resultados, no sentido de buscar a profissionalização, mas a maioria esmagadora são profissionais apaixonados pelo tiro que juntam suas economias durante anos para competirem internacionalmente.
Com esse formato, movido por profissionais-atletas, as competições apresentam aspectos variados, com pessoas com as mais variadas formações e equipamentos distintos.
A competição é composta por três alvos, a somatória dos resultados define o campeão. Antes do início da competição, cada mesa é numerada e os atiradores são sorteados, caindo em mesas diferentes em horários diferentes. Nenhum atirador repete mesa. No caso da Copa do Mundo, o estande dispunha de quarenta mesas, e a alternância era de treze mesas. Por exemplo, o atirador que fosse sorteado na mesa 10, faria seu primeiro "relay" nela e saltaria 13 mesas, para um segundo "relay" na mesa 23 e seu último na mesa 36.
No ar comprimido temos duas divisões, Light Varmint (LV) e Heavy Varmint (HV). Na Light Varmint há restrição de peso e potência, as armas não podem passar de 16 joules e 4,762kg. Na Heavy Varmint a restrição de potência é de 27 joules e 6,803kg.
Como os países que compõem a competição tem legislação conflitante em relação a armas de ar, a variedade de equipamento é absurda.
Os ingleses, restritos pela legislação em 16 joules, evitam possuir armas acima disso para não terem que se submeter a controles severos por parte do governo, o que os força a atirar ambas divisões em 16 joules. Uma desvantagem competitiva que pode não ser muito expressiva em condições de vento calmo, porém se agrava em condições severas. Na LV não teve jeito, o atirador mais velho da competição sagrou-se campeão:


Imagem
Ronald Harding, campeão LV com sua Walther Dominator

Os sul africanos possuem uma legislação similar à brasileira, não restringindo potência e sim calibre. Calibre .22 ou maior é considerado arma de fogo e possui uma série de restrições. Na competição os sul africanos atiraram com uma TM 1000/RAW (Rapid Air Weapons) calibre .20. Creio que era o único país utilizando esse tipo de calibre entre os competidores.

Imagem
Atirador sul africano e aTM 1000.


Na Ucrânia o limite sem restrições é o calibre .177, mesmo caso citado acima, acima dele é a mesma burocracia dos colegas sul africanos.

O time inglês, pela facilidade de relacionamento utilizou Air Arms por alguns anos e alguns de seus membros foram até patrocinados por ela. Durante o campeonato percebemos que reduziram muito o uso das armas dessa afamada companhia. Intrigado com essa situação, vendo o time utilizar armas da ATAMAN (M2), Steyr LG 110, Walther LG 300 Dominator, perguntei à Graham Freeman, que por muitos anos foi patrocinado e atirou com uma Air Arms MPR S-400, o porque que aos poucos vários grandes nomes deixaram de utilizar as armas da Air Arms e ele me respondeu que no começo o nível da competição era menor, uma arma como a Air Arms MPR S-400 era suficiente para vencer qualquer prova. Com a sofisticação dos equipamentos, ele passou a ter falta de confiança na arma, pois havia dias que ela atirava bem e outros não tão bem. Intrigado com o patrocínio e a possibilidade de poder atirar com qualquer arma de linha da AA, porque não EV2?? E ele foi novamente enfático: os reguladores delas não prestam!! Graham Freeman atirou de Steyr emprestada e já preparou sua Anschutz 8003 totalmente modificada para o próximo campeonato.
Alguns mais apaixonados, Garry Morrison, atiram de Air Arms e a defendem com unhas e dentes, o que não é consenso no time Inglês. Estão apostando todas as fichas na nova FTP 900, mas o que escutamos muito e em todos os lugares é que a Air Arms está mais interessada em ganhar dinheiro do que em acompanhar o esporte e desenvolver produtos de excelência.

No nosso primeiro dia de treino ficamos surpresos com a mesa da Ucrânia vazia. A equipe atiraria em peso as provas de ar comprimido e não compareceu no primeiro dia de treinos. No domingo, segundo dia de treinos, eles chegaram. Apenas o capitão do time falava Inglês, e logo fomos conversando sobre a competição. Com meia hora de conversa percebi de imediato que se tratava de um time especializado, verifiquei o equipamento deles e notei que eram Walther`s e Anschutz`s. Perguntei se estavam modificadas, e o capitão Volodymyr, sem cerimônias afirmou que da marca original só tinha restado o "receiver" e o gatilho, o resto havia sido refeito e o cano trocado.

Os italianos (excelente time, altíssima consistência) estavam basicamente com Feinwerkbau`s e Walther`s, canos trocados e ajustadas para 16 joules. Algumas dessas armas como a Fein P70 foram usadas, e hoje são difíceis de encontrar. Foi muito difícil bater os Italianos, mas um homem conseguiu: o inglês Ronald Harding, com seus mais de 80 anos de idade e uma Walther LG 300 dominator, com potência ajustada para 16 joules, sem modificações e utilizando JSB Exact Express deu um espetáculo, fazendo 250 pontos e 13 x`s no último alvo, ficando com a medalha (LV) e quebrando o recorde mundial!

Imagem
Imagem

Feinwerkbau`s do time Italiano


O time Russo se apresentou com algumas Steyr modificadas e uma figura ilustre, Alexey Soldatov, o idealizador e propritário da ATAMAN. Soldatov levou duas armas para competição, uma com coronha de carbono para a categoria LV e outra de madeira laminada para HV. Foi incrível competir ao lado de um grande atirador que utiliza as próprias armas que projetou, fabrica, monta e comercializa. A ATAMAN M2 foi projetada para o Benchrest, as peças são todas produzidas seguindo as especificações do projeto, com a exceção do cano, que é CZ. São fabricadas de duas a três armas por mês, segundo ele próprio, cada arma antes de deixar a fábrica dá 500 tiros de teste. Perguntando sobre o preço, Soldatov foi logo dizendo: - não é barata!
De fato não é mesmo, ela custa € 2.700,00!

Imagem
ATAMAN: Uma preparada para LV e outra HV. Armas de uso pessoal Alexey Soldatov

Os americanos chegaram favoritos para o título. Na bagagem armas custom e customizadas. Todd Banks, o campeão mundial, trouxe uma EV2 totalmente modificada e uma TM1000, também toda modificada. Dessas armas só sobrou a ação, até o cilindro foi trocado por um de titânio.
Outro membro do time americano utilizou uma Dawson. Pra quem ainda não ouviu falar, é fabricada por um ex-funconário da Theoben que produz a ação (clone da Theoben) com tolerâncias mínimas e também gatilhos para Benchrest. As demais peças tem que ser adquiridas e montadas. As Dawson`s que os americanos atiraram tinham canos e reguladores especiais.
A seleção de chumbos do time americano foi esmerada, utilizou alta tecnologia, mas durante a prova o resultado foi aquém do esperado, mesmo com o vice-campeonato por times na categoria Light Varmint. No Heavy Varmint o desempenho não se manteve. Sofreram alguns contratempos, o equipamento não era o ideal para alguns, algumas armas não se apresentaram bem, enfim, coisas de competição. O grande destaque fica para Craig Young, que fez sua primeira participação em Benchrest atirando ar comprimido e teve desempenho excelente!
Durante o Campeonato Mundial em 2011, vendo os competidores, percebi que as USFT se fizeram presentes, mas não levaram o título. Na Copa do Mundo não havia sequer rastro dessas armas, que praticamente sumiram do cenário mundial. Intrigado com a ausência dessas aclamadas carabinas (o famoso cano de duas raias, baixa pressão de trabalho, grande autonomia), fabricadas por Tim McMurray (Mac1), tive mais uma surpresa! Não prestam! É lixo! Responderam, sem pestanejar, os americanos.

Imagem
TM 1000 com severas modificações do time americano. Craig Young.

Imagem

Todd Banks com sua EV2 totalmente modificada, ladeado pelos gregos que atiraram de Steyr.

O time sueco contava com uma figura ilustre, Fredrik Lief Axelsson, dono da FX. Uma semana antes do evento ele cancelou sua vinda. Ficamos um pouco decepcionados, pois a disputa com dois fabricantes de armas (ATAMAN e FX) seria muito interessante. Com a ausência do dono fomos questionar sobre as armas, pois ficamos curiosos com os intrigantes canos Smooth Twist. As armas usadas pelo sueco melhor colocado foi uma Steyr LG 110 Hunting 4,5 mm, na categoria Light Varmint e uma FX Elite para Heavy Varmint. Achamos estranho, e conversando com um membro do time ele confessou que os canos Smooth Twist não servem para Benchrest e todos os canos das FX Elite presentes no evento foram trocados por Lothar Walther! Para Field Target, segundo eles próprios, é aceitável, mas para extrema precisão é impossível.
Intrigado ainda com a qualidade das armas FX, perguntei a um colecionador e grande atirador que compareceu no evento, Matt Lababedy, possuidor de 7 armas da FX o porque delas serem o que são. Ele respondeu de forma simples e direta: As FX tem um bom conceito, mas utilizam material barato na sua construção. No final ele resumiu: elas têm muito que melhorar. Matt Lababedy atirou com uma Dawson.

Imagem
Atirador do Time sueco com uma FX Elite. Veja o apoio frontal, vale tudo!


Mais uma curiosidade, as Rapid Air Weapons, clones ou continuidade das Theoben, estiveram em pequeno número no evento. Havia uma com o time da Venezuela (BM 500), uma com o time inglês, uma com os sul africanos e uma com o time americano, conforme disse acima.


Imagem

Alan Greyson, time inglês, também com uma Rapid Air Weapons



No primeiro dia de competição, na categoria Light Varmint, dos 118 competidores, 47 utilizaram Steyr LG 110, em sua grande maioria originais. Pelo menos duas delas, sem modificações mecânicas (somente coronhas BR), fizeram 250 pontos no Heavy Varmint, uma pertence ao brasileiro Igor Porto e a outra do filipino Randy Paronda.

Imagem
Randy Paronda, filipino, com sua Steyr LG 110.


Imagem
Igor Porto prestes a fazer um 250! Italiano ao fundo com uma Walther LG300.

Em relação aos aparelhos de pontaria, as Weaver T-36 dominam. Luneta com custo benefício excelente para o Benchrest, adotada por grande parte dos praticantes. Algumas Leupold Competition também estavam presentes. Pelo preço, praticamente o dobro de uma T-36, elas eram menos populares, mas muito elogiadas pelos seus proprietários.
Vimos algumas Sightron e até Tasco apareceu por lá, o que demonstra que o que vale é um conjunto bem acertado.
Editado pela última vez por Flavio Vieira em 17/08/2013 - 14:51:33, num total de 1 vezes
Imagem ImagemImagemImagemImagem
Flavio Vieira
Usuario VIP
 
Mensagens: 204
Data de registro: 18/08/2008 - 18:22:58
Localização: Uberlândia-MG
Agradeceu: 50 vezes
Foi agradecido: 53 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor doni700 » 17/08/2013 - 13:56:31

Meus parabéns Flávio, texto de primeira. Me ajudou a economizar USD 220,00 em um cano Smooth Twist. Fiquei com uma curiosidade, qual o melhor regulador? É permitido atirar com a carabina conectada ao cilindro de ar?

Donizetti
AT 44 5,5/4,5 monotiro
doni700
AA Nivel 3
 
Mensagens: 588
Data de registro: 03/12/2012 - 17:15:20
Localização: Ribeirão Preto - SP
Agradeceu: 14 vezes
Foi agradecido: 74 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Flavio Vieira » 17/08/2013 - 15:02:54

Donizetti,

Os reguladores são um caso a parte. Vários atiradores compram reguladores custom de renomados armeiros, especialistas em armas de ar comprimido. Outros já tem conhecimento e competência suficientes para modificar ou produzir seus próprios. O que podemos afirmar com certeza é que algumas marcas possuem reguladores mais confiáveis do que outras. A Walther, Feinwerkbau e Steyr possuem bons reguladores de fábrica.
Já as Air Arms EV2, Theoben e RAW receberam críticas de vários atiradores, específicas sobre os reguladores das mesmas.

Nas regras da WRABF não é permitido conectar o cilindro da arma ao cilindro SCUBA. Tampouco é permitido recarregar seu cilindro durante a prova. Resumindo, ao dar o comando de "Commence Fire" o atirador não pode levantar da cadeira, devendo permanecer sentado até o final da prova, mesmo que tenha terminado seu alvo. Caso levante antes do comando de cessar fogo, o mesmo poderá ser desqualificado.
Há um pouco de confusão envolvendo as regras da WRABF e do USBR. No USBR o atirador pode conectar a arma no cilindro SCUBA e recarregar o cilindro da sua arma durante a prova.
Imagem ImagemImagemImagemImagem
Flavio Vieira
Usuario VIP
 
Mensagens: 204
Data de registro: 18/08/2008 - 18:22:58
Localização: Uberlândia-MG
Agradeceu: 50 vezes
Foi agradecido: 53 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Antornogueira » 17/08/2013 - 18:51:02

Flavio,

Ano que vem o AA, se Deus quiser (e ele quer), vai patrocinar voces denovo !!

O material que voces estão postando nao tem preço !
RIFA Range Finder Bushnell camuflado Clique Aqui

Nao quer cagar, nao come
Avatar de usuário
Antornogueira
Administrador
 
Mensagens: 4672
Data de registro: 11/08/2008 - 23:27:55
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 55 vezes
Foi agradecido: 233 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor ronaldo mazetto » 18/08/2013 - 10:16:18

Parabéns pelos esforços , todos esforços são validos e consolidados em força , estaremos torcendo por vcs , boa viagem .
CONDOR 5.5
COMETA NEW FENIX 5.5

Viver sem nem uma razão, é o mesmo que estar morto ....
Quem vence sem esforço , triunfa sem glória ....
Ser rico é não cifrar todos os valores da vida ....
Avatar de usuário
ronaldo mazetto
AA Nivel 1
 
Mensagens: 10
Data de registro: 12/06/2012 - 16:25:16
Localização: INTERIOR / SP
Agradeceu: 20 vezes
Foi agradecido: 3 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Andersonymk » 18/08/2013 - 15:48:48

Mais uma vez parabéns pela participação e pelas conquistas.
Para nós que não participamos resta absorver estas informações que não têm preço.
O relato sobre as armas certamente vai fazer muitos brasileiros economizarem um dimdim ao investir em equipamento.
E ao que parece a melhor opção ainda é investir nas Steyr mesmo.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor NGO » 19/08/2013 - 10:08:02

Que bela reportagem amigo Flavio,sim isto vale como uma...A riqueza de informações é grandiosa,só faltou apenas as moças bonitas nas fotos...(a gente gosta disto e muittoooo).Agora o melhor foi a otima ideia do apoio do cara Sueco,o macaco é uma otima opção ainda mais se for as pressas,pois funciona muito bem...abração.e mais uma vez parabens...
NGO
AA Nivel 4
 
Mensagens: 736
Data de registro: 12/07/2010 - 14:43:59
Agradeceu: 53 vezes
Foi agradecido: 20 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor EDUMMELLO » 19/08/2013 - 11:59:06

Flavio Obrigado por compartilhar suas experiências no Mundial, proporcionou a nós amantes do BR a oportunidade de participar mesmo que virtualmente de um evento desta magnitude e através de vc somar algum conhecimento.

Sobre as Air Armas sempre tive esta impressão mesmo não tendo tanta experiência, mas a pratica me mostrou inconsistência, uma pena pq quando ia bem fazia fácil 248/247 pontos no USBR minha EV2. Não sei o que representa isso em alvos da WRBF, tenho ate muita curiosidade em fazer alguns simulados neles. Apesar dos amantes de S410/510 os resultados sempre falaram por si só.

Tinha uma boa expectativa nas Rapid Air, mas pelo visto é mais uma opção mediana.

Nenhuma representante da Weihrauch, apesar de muitos exemplares modificados, tb me chamou a atenção. Pois a reguladora me parece um ponto forte, mas tive a impressão que é relativamente fácil de se montar uma reguladora em alguns, bastando apenas conhecimento e material.

Parabéns ao Time do Triângulo Mineiro.
Imagem
Clube de Caça e Tiro Nacional
http://cctn.com.br/
EDUMMELLO
AA Nivel 4
 
Mensagens: 928
Data de registro: 18/01/2010 - 15:23:23
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 21 vezes
Foi agradecido: 10 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Flavio Vieira » 19/08/2013 - 13:42:06

EDUMMELLO escreveu:Flavio Obrigado por compartilhar suas experiências no Mundial, proporcionou a nós amantes do BR a oportunidade de participar mesmo que virtualmente de um evento desta magnitude e através de vc somar algum conhecimento.

Sobre as Air Armas sempre tive esta impressão mesmo não tendo tanta experiência, mas a pratica me mostrou inconsistência, uma pena pq quando ia bem fazia fácil 248/247 pontos no USBR minha EV2. Não sei o que representa isso em alvos da WRBF, tenho ate muita curiosidade em fazer alguns simulados neles. Apesar dos amantes de S410/510 os resultados sempre falaram por si só.

Tinha uma boa expectativa nas Rapid Air, mas pelo visto é mais uma opção mediana.

Nenhuma representante da Weihrauch, apesar de muitos exemplares modificados, tb me chamou a atenção. Pois a reguladora me parece um ponto forte, mas tive a impressão que é relativamente fácil de se montar uma reguladora em alguns, bastando apenas conhecimento e material.

Parabéns ao Time do Triângulo Mineiro.


Edu,

As Air Arms estavam presentes na Copa do Mundo. Havia EV2 original, EV2 extremamente modificada e S-400 MPR FT. Não vi nenhuma S-410 ou 510. Quanto as EV2, o que nos foi relatado é exatamente isso, são inconstantes! Além disso você pode comprar uma que se comporta bem, ou muito mal, não existe um controle de qualidade que permita uniformidade. Prova disso é a decisão de aniquilar o projeto EV2 e lançar sua substituta, a FTP 900, que não compartilha nenhuma peça com sua antecessora.

Quanto as Weihrauch, não vi nenhuma delas participando do campeonato. Na verdade, as HW 100 não são muito comuns no Benchrest, e dessa vez não estavam presentes, nem mesmo modificadas.
Imagem ImagemImagemImagemImagem
Flavio Vieira
Usuario VIP
 
Mensagens: 204
Data de registro: 18/08/2008 - 18:22:58
Localização: Uberlândia-MG
Agradeceu: 50 vezes
Foi agradecido: 53 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor NGO » 19/08/2013 - 14:39:25

Edu,quais as diferenças dos alvos usados aqui para estes WRBF??
NGO
AA Nivel 4
 
Mensagens: 736
Data de registro: 12/07/2010 - 14:43:59
Agradeceu: 53 vezes
Foi agradecido: 20 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor pedroashidani » 19/08/2013 - 15:04:08

NGO escreveu:Edu,quais as diferenças dos alvos usados aqui para estes WRBF??

Permita-me responder esta questão...
Neste link existe imagens dos alvos da WRABF:
http://www.wrabf.com/WRABF%20Targets.htm

Existem pequenas diferenças no tamanho do alvo:
Imagem

No USBR tem apenas 3 alvos de ensaio no alto, enquanto no alvo da WRABF existem 5 alvos de ensaio de cada lado.
Pedro Ashidani
Steyr LG-110 FT 4,5mm/5,5mm
Weihrauch HW97K Inox 4,5mm
Weihrauch HW35E Inox 4,5mm
Weihrauch HW50S Inox 4,5mm
BAM B26 4,5mm
Stoeger X20 (Ganhei!!) 5,5mm
Rossi b2 86 4,5mm
Farlei front rest
SEB front rest
pedroashidani
AA Nivel 3
 
Mensagens: 625
Data de registro: 31/01/2010 - 23:44:56
Localização: Araxá - MG
Agradeceu: 21 vezes
Foi agradecido: 57 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Flavio Vieira » 19/08/2013 - 15:17:18

Complementando o que o Pedro disse, não só o tamanho dos anéis dos alvos e sua disposição são distintos, mas também a forma de apuração. No USBR o calibre usado pelo atirador determinará o calibre do calibrador. Se foi usado .177, necessariamente o calibrador deverá ser .177. Já na WRABF, independente do calibre utilizado, .177 ou .22, o calibrador sempre será .22, evitando que os calibres maiores tenham vantagens sobre os menores.
Imagem ImagemImagemImagemImagem
Flavio Vieira
Usuario VIP
 
Mensagens: 204
Data de registro: 18/08/2008 - 18:22:58
Localização: Uberlândia-MG
Agradeceu: 50 vezes
Foi agradecido: 53 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor EDUMMELLO » 19/08/2013 - 15:30:42

Pedro fiz uma tabelinha para facilitar a visualização, se quiser pode por em seu post.

Imagem

Flavio isso faz tremenda diferença, como faço muita aferição em nossas provinhas do CCTN, percebo que no calibre menor o furo é visivelmente menor e sua margem contem algumas estrias, conseqüência do papel amassado, pela característica perfurante do calibre, se não for usado o plug gabaritado, pode se ter uma idéia de menor pontuação, mas no calibre maior acontece o contrario o furo é mais um rombo com terminações rasgadas, que podem a olho nu parecer uma pontuação diretamente superior, quando os rasgos atingem a linha de maior pontuação, ao se introduzir o plug muitas vezes este fica bambo, em razão das características do furo do calibre 5,5 mm ser mais impactante.

Esse sistema utilizado pela WRABF é ao meu ver mais justo.
Imagem
Clube de Caça e Tiro Nacional
http://cctn.com.br/
EDUMMELLO
AA Nivel 4
 
Mensagens: 928
Data de registro: 18/01/2010 - 15:23:23
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 21 vezes
Foi agradecido: 10 vezes

Mensagempor Flavio Vieira » 19/08/2013 - 15:45:03

EDUMMELLO escreveu:Pedro fiz uma tabelinha para facilitar a visualização, se quiser pode por em seu post.

Imagem

Flavio isso faz tremenda diferença, como faço muita aferição em nossas provinhas do CCTN, percebo que no calibre menor o furo é visivelmente menor e sua margem contem algumas estrias, conseqüência do papel amassado, pela característica perfurante do calibre, se não for usado o plug gabaritado, pode se ter uma idéia de menor pontuação, mas no calibre maior acontece o contrario o furo é mais um rombo com terminações rasgadas, que podem a olho nu parecer uma pontuação diretamente superior, quando os rasgos atingem a linha de maior pontuação, ao se introduzir o plug muitas vezes este fica bambo, em razão das características do furo do calibre 5,5 mm ser mais impactante.

Esse sistema utilizado pela WRABF é ao meu ver mais justo.



Sem dúvida Edu, o calibre .22 corta o alvo de forma diferente, provavelmente pela área frontal maior do projétil ele remove mais papel do que o calibre .177. Isso faz com que o calibrador entre bastante folgado, praticamente não deixando margem para dúvidas de onde o tiro pegou. No calibre .177, por possuir uma área menor, o corte geralmente perfura o alvo sem remover material, o que gera interpretações duvidosas a olho nu, sendo impossível, às vezes, ter certeza do real valor do disparo sem a correta utilização de um calibrador. Nesses casos o calibrador entra justo e expande o furo, por isso a recomendação da regra de não calibrar o furo mais de uma vez, pois a insistência nessa operação pode fazer o papel alargar mais que o calibre nominal utilizado causando falsa leitura.
Essa forma de calibração adotada pela WRABF eu também concordo ser a mais justa e democrática. Outra coisa que acho bastante interessante é o limite de potências das armas, que no Light Varmint é de 16 joules e no Heavy Varmint é de 27 joules. Isso equipara o equipamento e cria condições iguais para os atiradores.
Imagem ImagemImagemImagemImagem
Flavio Vieira
Usuario VIP
 
Mensagens: 204
Data de registro: 18/08/2008 - 18:22:58
Localização: Uberlândia-MG
Agradeceu: 50 vezes
Foi agradecido: 53 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor pedroashidani » 19/08/2013 - 16:03:45

EDUMMELLO escreveu:Pedro fiz uma tabelinha para facilitar a visualização, se quiser pode por em seu post.


Valeu!
Pedro Ashidani
Steyr LG-110 FT 4,5mm/5,5mm
Weihrauch HW97K Inox 4,5mm
Weihrauch HW35E Inox 4,5mm
Weihrauch HW50S Inox 4,5mm
BAM B26 4,5mm
Stoeger X20 (Ganhei!!) 5,5mm
Rossi b2 86 4,5mm
Farlei front rest
SEB front rest
pedroashidani
AA Nivel 3
 
Mensagens: 625
Data de registro: 31/01/2010 - 23:44:56
Localização: Araxá - MG
Agradeceu: 21 vezes
Foi agradecido: 57 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Paes » 22/08/2013 - 10:28:35

Essa experiência internacional que vocês estão compartilhando é algo que não tem preço...
Só tenho que agradece-los e parabeniza-los belo belíssimo feito.

Grande abraço!
..............................................................................................................
- Air Arms TX200 MK3 Walnut .177 @ Kit V-Mach, Gatilho Rowan
- Weihrauch HW50S .177 @ Tunning Maccari, Gatilho Rowan
- CFX Royal .177 @ GR 40Kg, Gatilho Custom
Avatar de usuário
Paes
Usuario VIP
 
Mensagens: 36
Data de registro: 03/08/2010 - 14:18:42
Localização: Guanambi - BA
Agradeceu: 0 vez
Foi agradecido: 0 vez

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Igor » 23/08/2013 - 23:07:55

Resultados oficiais do campeonato:

http://wrabf.com/world%20championship%2 ... 202013.pdf

Categoria Light Varmint (até 16J e 4,762kg)
Individual (total 110 atiradores)
Flávio Vieira Gonçalves - 34 lugar - 730 pontos / 10X
Igor Oliveira Porto - 60 lugar - 722 pontos / 13X
Pedro Junior Ashidani - 71 lugar - 720 pontos / 14X

Equipe (total 26 times)
Brasil - 13 lugar

Categoria Heavy Varming (até 27J e 6,800kg)
Individual (total 103 atiradores)
Igor Oliveira Porto - 30 lugar - 733 pontos / 23X
Flávio Vieira Gonçalves - 35 lugar - 732 / 18X
Pedro Junior Ashidani - 42 lugar - 730 / 21X

Equipe (total 29 times)
Brasil - 10 lugar

25m Air Rifle and 50m Rimfire 250 Pins (alvos com pontuação 250)
Igor Oliveira Porto - 1 alvo com 250 pontos
Igor Porto Custom Shop
http://www.igorporto.com
Avatar de usuário
Igor
AA Nivel 1
 
Mensagens: 76
Data de registro: 03/11/2011 - 16:50:29
Localização: Uberlândia - MG
Agradeceu: 6 vezes
Foi agradecido: 7 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Igor » 24/08/2013 - 12:50:36

Graham Freeman e Colin Renwick, ingleses, gente finíssima, usando as camisas do Brasil, coletes das Filipinas e bonés da Austrália em um campeonato já na Inglaterra.

Imagem
Igor Porto Custom Shop
http://www.igorporto.com
Avatar de usuário
Igor
AA Nivel 1
 
Mensagens: 76
Data de registro: 03/11/2011 - 16:50:29
Localização: Uberlândia - MG
Agradeceu: 6 vezes
Foi agradecido: 7 vezes

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Fernando Zaitsev » 25/08/2013 - 21:42:13

Muito legal. Uma bela experiência de vida, compartilhada conosco.
Valeu galera !!!
Imagem
Fernando Zaitsev
AA Nivel 1
 
Mensagens: 152
Data de registro: 07/12/2010 - 23:38:05
Localização: Rio de janeiro - RJ
Agradeceu: 8 vezes
Foi agradecido: 0 vez

Re: Copa do Mundo WRABF - Plzen 2013

Mensagempor Odair » 18/03/2014 - 16:59:18

Muito bom.

Não me canso de ler essa matéria.
Odair de Sá

Chegará o dia em que teremos vergonha de dizer que somos honestos.
Odair
AA Nivel 1
 
Mensagens: 46
Data de registro: 08/09/2012 - 23:25:58
Localização: São Paulo - SP
Agradeceu: 1 vez
Foi agradecido: 1 vez

AnteriorPróximo


  • ANÚNCIOS

Retornar para Clubes, Campeonatos e Encontros

You must be a Registered User to Chat in the Shoutbox
COMO FAÇO PRA ANUNCIAR AQUI ?
fabiano pires
20/03/2019 - 09:31:15
Boa noite! Estou buscando mais informações sobre o equipamento scatt de treinamento laser alguém saberia me passar algum Review algo do tipo
Raphael
17/03/2019 - 18:36:51
Quem tem uma Cometa 50 ? Criança chorando ! Compro .
mazinhowaldemar
24/02/2019 - 09:31:15
Pessoal estou vendendo uma Tokyo Marui gbb Detonics 45 6mm ver no tópico P I S T O L A S
João Estevam
20/02/2019 - 16:08:00
gostaria de informar que estamos fazendo manutenção em arabinas de ar aqui no rio de janeiro, posso ser encontrado nos telefones 3988322 ou 970054854 jose luiz
jose luiz
14/02/2019 - 11:41:16
Boa tarde - alguem tem ou sabe onde vende calibrador/desamassador de chumbos calibre 5.5
Geraldo Carlos
09/02/2019 - 14:16:48
Bom dia, tenho uma Hatsan XRD 135 5,5 para venda, com o Red Dot original mais uma luneta Rossi Golg Crow 4 X 32.
Alex Lacerda
07/02/2019 - 08:30:43
Pessoal, alguém pode me adicionar em grupos de Armas de pressão? 47 99273-8836
3DValeSul - Victor
29/01/2019 - 09:39:26
Alguem sabe de alguma luneta barata
viniciusvasconcelos
18/01/2019 - 16:20:32
Bom dia, estou vendendo uma crosman 2240 customizada viewtopic.php?f=3&t=26041
giovannilemes
16/01/2019 - 09:43:04
venham conferir nossas aves atrativas link viewtopic.php?f=64&t=26039&p=222170#p222170
fiim
15/01/2019 - 10:16:07
gostaria de saber como fica a carabina
ricardo165
14/01/2019 - 12:04:47
alguém tem at44 com as valvulas do zeca
ricardo165
14/01/2019 - 12:04:22
bom dia
ricardo165
14/01/2019 - 12:03:51
alguem sabe onde vende jsb importado que n demore tanto apara chegar no brasil
fiim
01/12/2018 - 13:47:28
o gilmar tem uma 5.5 fsb zap 019 997516792
gilmar brollo
20/11/2018 - 14:19:52
Alguém sabe de uma HW100 ou S510 à venda?
RICGOMES
17/11/2018 - 22:48:54
VENHO FASER UMA PEQUENA DIVULGACAO DE NOSSAS AVES ATRATIVAS SEGUE LINK viewtopic.php?f=64&t=25921&p=221706#p221706
fiim
25/10/2018 - 17:19:10
Acredito que maior area de grip melhor estabilidade...sim...
Rui Saiki
24/10/2018 - 23:35:08
alguem sabe me dizer se o trilho de 20mm é mais confiável que o de 11mm? ou depende só de qual trilho a carabina tem?
Philippidf
24/10/2018 - 16:38:18
Como faço uma mesa de tiro?
j.marcio19
21/10/2018 - 23:09:09
poxa, tava nos meus planos a m22, mas sabendo q ela é frágil, vou ter q mudar
spotter
20/10/2018 - 10:54:50
a parte interna da minha quebrou e n acho em lugar algum
fiim
18/10/2018 - 12:29:35
Deve ter fraturado o side do conjunto de gatilho...dificil achar a venda qualquer peça de reposicao delas...soldei no meu caso.
Rui Saiki
17/10/2018 - 18:10:44
boa tarde galera alguem tem o jogo de gatilho da artemis m 22 ou saiba quem tem pra venda grato
fiim
17/10/2018 - 16:16:20
Vc que pratica tiro esportivo venha faser parte de nosso grupo tambem vc e muito importante para nos poder aumentar cada vez mais o esporte Assuntos:tiro esportivo:trocas:vendas:importações de airguns e muito mais. Link do grupo abaixo https://www.facebook.com/groups/457763851389203
fiim
17/10/2018 - 16:12:29
Foi só falar em Bençãos e me chega um produto antecipado, uma Estativa Caldwell NXT para os Atiradores mais exigentes: viewtopic.php?f=3&t=25906
Davi_Ogata
11/10/2018 - 14:34:33
E pedindo a todos os nossos Companheiros as Bênçãos de Nossa Senhora Aparecida, como se diz na música Romaria: "Ilumina nessa mina escura o trem da minha Vida!"
Davi_Ogata
11/10/2018 - 09:49:46
Bom Dia Amigos do site, mais um acessório sempre interessante para auxiliar nos tiros, especialmente os de pistola: viewtopic.php?f=3&t=25903
Davi_Ogata
11/10/2018 - 09:40:55
Vc que pratica tiro esportivo venha faser parte de nosso grupo tambem vc e muito importante para nos poder aumentar cada vez mais o esporte Assuntos:tiro esportivo:trocas:vendas:importações de airguns e muito mais. Link do grupo abaixo https://www.facebook.com/groups/457763851389203
fiim
10/10/2018 - 13:50:55
Olá Amigos, segue o link correto: viewtopic.php?f=3&t=25892
Davi_Ogata
01/10/2018 - 11:11:18
Bom Dia Amigos do site, trago mais um Acessório diferenciado para os Amantes do Tiro Esportivo! Link: viewtopic.php?f=49&t=25891
Davi_Ogata
01/10/2018 - 11:08:05
prezados, boa tarde, como faco para enviar uma mensagem privada?
23jean
19/09/2018 - 12:42:10
Como posso visualizar fotos dela?
ERIVALDO
18/09/2018 - 22:33:47
Qual a especificação da luneta?
ERIVALDO
18/09/2018 - 22:31:31
  Online List:


Quem está online

Usuários vendo este fórum:: Nenhum usuário registrado online