Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mostre o que sua arma tem de bom (e de ruim tb) !

Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 02/04/2014 - 21:46:37

REVIEW GAMO HUNTER IGT

O material constante neste review é para publicação no fórum Armas de ar. A reprodução total ou parcial deste conteúdo em outro local, só poderá ser feita mediante autorização do autor ou da administração do fórum.

1.Apresentação
2.Medidas
3.Desmontagem.
4.Agrupamento a 10 metros
5.Agrupamentos a 25 metros
6.Silhuetas metálicas 1/5
7.Sabão
8.Velocidade

1.Apresentação:
Esta carabina foi enviada pelo patrocinador Dispropil Extreme.
A loja virtual pode ser acessada pelo banner na parte superior do fórum Armas de ar:
http://armasdear.com.br/aa/index.php
Este link já retorno os resultados para as carabinas gamo da Dispropil.
https://dispropil.com.br/busca?b=gamo+cfx

A carabina vem embalada em uma caixa de papelão ondulado que serve de proteção para o transporte fabricante/lojista/consumidor final.
A caixa é um pouco frágil para usar para transporte corriqueiro da carabina.
Na caixa além da carabina embalada numa sacola plástica que evita evaporação dos lubrificantes de fábrica para proteção, acompanha manual do proprietário com as instruções de uso em 11 idiomas, um folheto com instruções de ajuste do montecarlo e propagandas de produtos da Gamo como chumbos e lunetas.

Após retirar da embalagem pode-se notar que o acabamento das partes expostas da coronha e da oxidação é muito bem feito. A oxidação ém bem uniforme, sem manchas ou falhas e cumpre bem seu papel de proteção do metal.
Vista geral da carabina:
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
A soleira da carabina é feita de borracha bem macia, bem confortável para usar. Apesar do pouco recuo essa soleira é bem vinda por dar uma poa pegada na arma.
Imagem
Além disso é possivel remover parte da borracha da soleira, o que a torna ainda mais eficiente em absorver as vibrações e recuo da carabina.
Imagem
Imagem
Este modelo conta ainda com um montecarlo em polímero preto com possibilidade de ajuste de altura.
Para tanto basta afrouxar os parafusos na lateral e mover para a posição que se deseja.
[imghttps://lh3.googleusercontent.com/-zuQsUzLwuGo/UzxtJowMqwI/AAAAAAAAGzY/GXI2EQoE3Ic/s640/CIMG1264.JPG][/img]
Imagem
Único vacilo do fabricante foi o acabamento desta parte muito ruim. A madeira não foi lixada e está com muitas rebarbas.
Imagem
A almofada é feita em polímero, sendo oca, mas cumpre bem sua função para abrigar com conforto o rosto do atirador. Este sistema é interessante pois permite uma boa visada nas miras abertas (almofada abaixada) e na luneta (almofada mais alta).
Imagem
Imagem
Nas laterais da parte traseira da coronha existe uma gravação com as siglas do sistema de impulsão da carabina (IGT) – Inert Gas Technology
Imagem
O pistol grip conta com zigrinados de boa qualidade que conferem melhor pegada na arma.
Imagem
A parte de baixo do pistol grip tem o logo da Gamo em baixo relevo.
Imagem
O acabamento da coronha é muito bem feito e sem manchas (pelo menos nas partes expostas).
Imagem
A telha também é ornada com zigrinado dos dois lados.
Imagem
Detalhe do zigrinado.
Imagem
O guarda mato é em metal bem oxidada do preto. Já a tecla da trava do gatilho e a própria tecla do gatilho são em polímero. Apesar do uso de plástico nestas peças o gatilho é bem rígido e não sofre torções durante a operação de disparo.
Imagem
Na parte de baixo do guarda mato tem as inscrições relativas à posição da trava de segurança. S = travada e F = destravada.
Imagem
O sistema de massa de mira é fixado no cano por meio de uma peça de polímero, nela também está fixada a fibra óptica na cor vermelha. O túnel de proteção é feito em metal e fica encaixado num rebaixo no polímero. Esse encaixe permite sua remoção, embora não seja muito fácil fazê-lo. No túnel existem aberturas nas laterais e na parte de cima para melhorar a entrada de luz.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
A coroa do cano fica bem protegida dentro do corpo da massa de mira.
Imagem
A alça de mira tem o corpo feito em metal, bem como as regulagens. O insert onde existe o orifício de visada é em polímero, bem como a base que é incorporada ao bloco do cano. Essa montagem exige especial cuidado com a carabina, pois um dano nessa peça vai exigir a substituição do cano para o reparo na alça de mira.
Notem que não há marcação do deslocamento do POI na roda de regulagem horizontal. Girando a roda no sentido horário o POI desloca-se para direita.
Imagem
Imagem

Na regulagem vertical do POI também não há marcação do deslocamento. Girando no sentido horário o POI desloca-se para baixo. Notar os insert de fibra óptica na cor verde na alça de mira, bem como uma graduação para referência de deslocamento da alça.
Imagem
O logo do fabricante vem marcado na parte superior da câmara de compressão.
Imagem
Em cima da câmara existe também um rabo de andorinha para instalação de equipamentos de pontaria com mout de 11mm. Além do rabo de andorinha a carabina vem com um sobretrilho também de 11mm que facilita a instalação de lunetas com objetivas maiores evitando que elas toquem a câmara mesmo com uso de mout de perfil baixo.
Imagem
O sobretilho é fixado no rabo de andorinha por quarto parafusos. Três na lateral e um na parte de cima que tem a ponta encaixada num orifício na câmara de compressão.
Imagem
O acabamento da culatra é feito com uma peça de polimeroque fica encaixado na coronha e na ferragem.
Este acabamento é bem singular desta arma, pis geralmente a câmara termina em ângulo reto com uma tampa na parte interna da câmara ou um insert plástico menos proeminente que este.
Imagem
O sistema de rearme desta carabina é tipo quebra cano e o braço é articulado como nas HW50, CBC B19 e Urko. Este sistema tem a vantagem de evitar o corte na parte inferior da coronha para passagem do braço fixo (como nas Dione por exemplo).
A desvantagem deste sistema é a raspagem na parte inferior da câmara inerente ao seu funcionamento.
Imagem
A vedação entre a câmara de compressão e o cano é feita por um o’ring fixo na câmara.
Imagem
O bloco pe feito em polimero e inhetado sobre o cano, como pode ser visto na foto.
A entrada do cano foi usinada de forma cônica para abrigar a saia do chumbo. Isso é essencial para facilitar o municiamento e evitar que a saia do chumbo toque no o’rig ao fechar o cano.
Imagem
Notar como fica a saia do chumbo na entrada do cano. A saia fica bem encaixada na entrada evitando seu esmagamento na hora de fechar.
Imagem
Nesta foto é possível notar as marcas do raiamento na saia dos chumbos.
Imagem
Antes de atirar com a carabina, o cano foi limpo com escova de latão, escova de crina e feltros de limpeza.
Geralmente os canos de armas novas vem bem sujo de oleosidade para sua proteção ao armazenamento prolongado entre a fabricação e venda ao usuário.
Imagem

2.Medidas da carabina:
Massa………………………………………………………………2.855 gramas
Comprimento total………………………………………….1.112,0 mm
Comprimento do cano.........................................450,0 mm
Distância da tecla ao centro do pistol grip..........100,0 mm
Diâmetro externo do cano...................................15,05 mm
Comprimento do rabo de andorinha...................200,0 mm
Comprimento do sobretrilho...............................150,0 mm
Largura dos trilhos...............................................11,0 mm



3.Desmontando:
Geralmente começo a desmontagem das carabinas removendo o sistema de miras abertas. Mas este caso tem que ser feito com eles no lugar, pois não há possibilidade de um desmonte mais facilitado.
A primeira peça a ser removida é o parafuso que segura a parte traseira da coronha à ferragem. Este parafuso necessita de uma chave tipo torx T20. Essa chave deve ser de haste mais fina, para poder passar no orifício no guarda mato.
Imagem
Imagem
Para retirada total do guarda mato é necessário remover o parafuso dianteiro com rosca soberba e encaixe torx T20.
Imagem
Imagem
Próxima remoção são os dois parafusos de fixação nas laterais da telha. Estes já tem encaixe tipo alen de 4,00mm.
Imagem
Imagem
Entre a cabeça do parafuso e a madeia da coronha fica uma arruela travante.
Imagem
Retirados os três parafusos da ferragem basta retirar a coronha e remover o acabamento da culatra para que ele não caia.
Imagem
Na parte inferior da coronha, onde fica o guarda mato, existe uma arruela de encosto que evita que a chapa do guarda mato se deforme com o torque.
Imagem
A parte do pistol grip da coronha recebe um reforço de um parafuso para evitar que se quebre.
Imagem
Com a retirada da coronha e ferragem fica exposta e pode-se ntar seus detalhes: aqui o pino que segura a ponta da alavanca de rearme. Ele fica preso no bloco de polímero.
Imagem
Aqui pode-se notar a articulação da alavanca de rearme e o insert de polímero que evita sua raspagem na parte inferior da câmara.
Imagem
Neste detalhe o encaixe de uma alavanca que liga a alavanca de rearme a uma peça de polímero na caixa de gatilho. Essa peça tem função de fazer um bloqueio mecânico no gatilho, evitando que a arma possa ser disparada com o cano basculhado.
Imagem
Imagem
Ainda na alavanca de rearme existe um rolete de polímero que evita que a articulação force a alavanca para longe da câmara. Este rolete gira dentro da coronha e apoiado nela.
Imagem
Esta peça deve ser mentida lubrificada para evitar desgaste excessivo, já que recebe grande esforço.
Imagem
Imagem
Imagem
Continuando. O próximo passo é remover o bloqueio mecânico do gatilho. Para tanto é necessário aliviar a tensão da mola que o mantém na posição e depois deslizar ele para frente.
O boqueio é feito por essa tampa cinza na caixa de gatilho. Notem que ela possui um entalhe para o encaixe de uma projeção na lateral da tecla.
Imagem
Detalhe do local em que a ponta da mola fica presa na peça cinza. Basta enfiar uma chave de fendas bem fina e pressionara mola para frente desencaixando do “dente” na peça.
Imagem
Com a mola desencaixada, basta deslizar a tampa para frente.
Imagem
Este “arame” vai correr dentro do orifício e depois da tampa desencaixada basta puxar de volta e fazer um movimento em 90 graus para retirada dele.
Imagem
Imagem
Detalhe da mola:
Imagem
Imagem
Agora vem a retirada do sobretrilho de luneta, pois o parafuso de fixação do stop toca na caixa de gatilho. No caso de uma desmontagem apenas para manutenção o sobretrilho não precisa ser removido, mas apenas o parafuso de cima.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
O parafuso do stop fica aqui neste fro. Notar que embaixo está a culatra que faz o monobloco da caixa de gatiho.
Imagem
Após a retirada do bloqueio, a caixa de gatilho está livre para ser removida. Nessa etapa é essencial que a carabina vá para o compressor de mola. Após dar certo torque no compressor pode-se notar que o pino da culatra sai com facilidade. No caso deste modelo ele não sai somente com as mãos, é necessário bater levemente com um saca pinos, pois a peça fica pressionada por uma bucha em polímero que evita queda acidental do pino.
Imagem
Este é o pino da culatra.
Imagem
Após retirada do pino, basta aliviar lentamente a carga da mola. Na foto nota-se a compressão da mola à gás, essencial para manter a integridade dos retentores internos.
Imagem
Caixa de gatilho for a da carabina.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
O próxima a sair é a mola à gás. Nesta arma ela fica apoiada numa arruela.
Pelo tamanho da arruela ela não serve de centralização, concluo que serve como calço para poder comprimir a mola durante a montagem.
Imagem
Imagem
Detalhe da mola à gás original da gamo:
Imagem
Instruções sobre manuseio.
Imagem
Nesta carabina a haste da mola é montada para frente. Para centralizar a haste existe essa arruela.
Imagem
Imagem
É possível notar qe a mola não é comprimida em sua totalidade para que a arma engatilhe. Fica uma folga na haste, notada pelo acúmulo de sujeira.
Imagem
Detalhe da arte traseira da mola à gás. Diferente das molas da FNA essa não tem rebaixo para encaixe do centralizador.
Imagem
Imagem
Para retirada do êmbolo, basta bascular a carabina. Tomar cuidado pois partes móveis serão acionadas e podem prender o dedo.
Imagem
Imagem
Para desencaixar a ponta da alavanca de rearme do êmbolo, basta fazer este ângulo na alavanca.
Imagem
Imagem
Este é o insert que não deixa raspar ferro contra ferro entre a alavanca a câmara de compressão. Ele deve ser retirado e guardado, pois cai no chão a toda hora se ficar no lugar.
Imagem
Imagem
Mesmo com este insert ocorre um ligeiro desgaste da parte inferior da câmara da arma. A única forma de isso não acontecer é comprara uma carabina que não tenha alavanca de rearme articulada ou uma PCP.
Imagem
Detalhe do system de trinco do cano x câmara de compressão.
É feito por uma peça em cunha (móvel) que fica no bloco e um pino atravessado na forquila.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Detalhes da entrada do cano e seu raiamento.
Imagem
Imagem
O êmbolo da carabina já pode ser removido, basta puxar o restante com um alicate de bico.
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
O retentor do êmbolo é bem duro, diferente dos nacionais de material um pouco mais macio. Ele entra com bastante pressão na câmara, o que pode ser notado pelos pequenos riscos causados durante a montagem na fábrica.
Imagem
Imagem

Desmontando o gatilho:
Com a caixa de gatilho fora da carabina, pode-se proceder a desmontagem do gatilho.
O gatilho desta carabina é bem simples de ser desmontado e não há peças que põem saltar com facilidade.
1.Remover os parafusos da tampa da caixa de gatilho:
Imagem
Imagem
2.Remover a tampa:
Imagem

Aqui um parênteses sobre o funcionamento da trava de segurança (tecla preta na frente da tecla do gatilho):
Destravada:
Imagem
Travada:
Na posição travada a tecla fica bloqueando uma projeção da tecla do gatilho e impede seu acionamento.
O sistema é TOTALMENTE MANUAL.
Imagem
3.retirar este batente do gatilho, que evita que ele dispare sozinho, servindo como um bloqueio para que o gatilho não faça movimento para baixo à não ser que a tecla esteja acionada para disparo.
Imagem
Nesta posição o êmbolo está engatilhado na ponta da peça tapada pelo meu indicador.
Imagem
Ao acionar a tecla do gatilho a peça central (em forma de cachimbo) faz um movmento de rotação até que o dente libere o êmbolo, disparando a arma.
4.Todas as tensões nas peças são fruto desta mola. Para aliviar estas cargas, basta desencaixar a perna de cima da mola com uma pinça.
Imagem
5.Retirada do batente do gatilho, basta desencaixar ele do pino do eixo de giro.
Imagem
6.Retirada das teclas do gatilho e da trava de segurança. Basta desencaixar também dos pinos. No gatilho existe uma mola helicoidal a qual deve ser retirada com cuidado.
Imagem
7.Após aliviar a carga da mola, retirar o desconector.
Imagem
8.Agora retirar o gatilho.
Imagem
9.Por fim sai a mola.
[imghttps://lh6.googleusercontent.com/-auvFVY3Zedk/UzyJDv2fmfI/AAAAAAAAHEs/TCa_nTUMec8/s640/CIMG1548.JPG][/img]
10. O peso do gatilho pode ser regulado por este parafuso:
No entanto, ele é propositalmente curto e não deixa o gatilho muito leve para evitar acidentes.
No caso da necessidade de maior alivio no gatilho, um parafuso maior deve ser instalado.
Essa instalação de um parafuso maior fica por conta e risco de quem o fizer, pois estará deixando seu gatilho mais sensível ao disparo.
Imagem
Imagem

Tecla do gatilho:
Imagem
Imagem
Peças do gatilho desmontadas:
Imagem

4.Agrupamento a 10 metros

Aos dez metros foram feitos os primeiros grupos para testar qual deles teria melhor desempenho:
Teste de chumbos:
Inicialmente os testes foram feitos com a carabina apoiada e luneta de 4X.
No entanto, esta arma se mostrou muito ruim para tiros apoiados, pois não agrupou mesmo testando vários tipos de apios diferentes e também as formas de apoiar. Resolvi fazer os testes com ela em punho mesmo e miras abertas.

1. JSB jumbo express 5,52mm
Imagem
2.JSB jumbo exact 5,52mm
Imagem
3.JSB jumbo heavy 5,52mm
Imagem
4.H&N field target trophy 5,54mm
Imagem
5.Crosman premier 5,52mm
Imagem
6.H&N barracuda 5,52mm
Imagem

Agrupamentos com H&N field target trophy 5,54mm
Feitos com a carabina em punho, posição caçador.
Foram feitos três alvos em três dias diferentes.
Primeiro dia:
Imagem
Imagem
Imagem
Segundo dia:
Imagem
Imagem
Imagem
Terceiro dia:
Imagem
Imagem
Imagem

5.Agrupamentos a 25 metros
Após os testes a 10 metros fiz grupos a 25 metros com a arma em punho e luneta 2,5-10x40 posição caçador.
A diferença que atirei com meu ante braço encostado no batente da porta do meu escritório para minimizar os erros do atirador.
Chumbos H&N field target trophy 5,54mm

Primeiro dia:
Imagem
Imagem
Imagem
Segundo dia:
Imagem
Imagem
Imagem
Terceiro dia:
Imagem
Imagem
Imagem

6.Silhuetas metálicas 1/5
Disparos em silhuetas metálicas 1/5 com luneta e mesma posição e chumbo para os 25 metros.
Galinha: 18 metros
Imagem
Porco: 23 metros
Imagem
Peru: 28 metros
Imagem
Carneiro: 3 metros
Imagem

7.Sabão
Foram feitos alguns disparos em barras de sabão para ver os impactos:
H&N field target trophy 5,54mm
Imagem
JSB jumbo monster 5,52mm
Imagem
Predador polimag 5,52mm
Imagem
Gamo Exander5,5mm
Imagem
JSB ultra shock heavy 5,52mm
Imagem

8.Velocidade e energia:
Imagem


ALGUMAS CONSIDERAÇÕES:
Primeira:
Apesar desta carabina ter o bloco em polímero realizei cerca de 600 tiros com ela apara os testes e não notei surgimento de folgas e desgaste no conjunto.
Certamente uma arma com bloco de ferro deve ter durabilidade maior, mas esta por enquanto está funcionando muito bem.

Segunda:
Ao armar esta carabina, desde a primeira vez, notei uma raspagem no conjunto. Inicialmente pensei se tratar da alavanca de rearme. Após uns 25 tiros tirei ela da coronha e notei que tratava-se de raspagem do êmbolo no corpo da mola à gás.
Após desmontar toda carabina percebi o porque da raspagem, que está relacionada a duas falhas na centralização.
1. A base da mola fica um pouco folgada na culatra (cerca de 1,00mm) o que faz ela se mover com o esforço de rearme.
2.A haste apesar de ter uma arruela para centralizar, também possui uma folga na casa de 1,5mm.
Essas folgas somadas fazem com que haja um desalinhamento da mola em relação ao embolo, que acaba por tocar no corpo.


Esta marca fica na parte de cima da mola, que é forçada contra a culatra durante o rearme.
Imagem
Esta outra marca está no lado de baixo da mola é é o local onde o êmbolo raspou.
Imagem
Esta peça serve de centralizador para a haste da mola, porém o diâmetro é pequeno para manter uma boa centralização. Possivelmente por se tratar de linha de montagem, deve haver diferenças entre o diâmetro interno dos êmbolo e das peças de centralização. Eventualmente pode se pegar uma combinação em que essas folgas são máximas maior diâmetro do embolo e menor do centralizador).
Imagem
A base da mola também tem uma folga em relação a culatra, que faz com que ela desalinhe.
Imagem

Existem duas formas de se resolver o probema:
Um paliativo que foi o que eu fiz, colocando um encamisamento de alumínio retirado de lata de refrigerante.
Um definitivo que seria usinar um centralizador novo para o embolo e um encamisamento com material mais resistente na base da mola.

Terceira:
Sei que muitas pessoas vão vir aqui e postar que isso é um absurdo!!! Não é possível uma arma dessas com este defeito!!! Isso é uma arma top, não pode acontecer isso!!!
A essas pessoas peço a gentileza de refletirem primeiro sobre o assunto, verifiquem algumas questões:
- Quanto custa esta carabina no país de origem?
- Ela foi projetada para ser durável ou para ser trocada de tempos em tempos no país de origem?
- Esse modelo é considerado top no país de origem?
- É uma carabina montada manualmente e testada uma por uma? Ou é montada numa linha de montagem que visa agilidade?
Reflitam sobre isso primeiro.

Quarta:
Esta mola à gás que vem nela não tem indicação de carga. Ou seja não sei quantos quilogramas esta mola tem.
Estou aguardando chegar umas molas nacionais para fazer um comparativo na carabina. Vou testar se há possibilidade de instalar uma mola nacional nela e caso sim, ver qual delas se aproxima desta original.
A posteriori vou colocar estes dados aqui como complemento.

Abraço e bons tiros.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Eder Silva » 03/04/2014 - 09:20:41

O loco home,tu destrinchou a arma....Parabéns por mais um review excelente....
Eder Silva
AA Nivel 1
 
Mensagens: 48
Data de registro: 06/08/2012 - 17:44:03
Agradeceu: 0 vez
Foi agradecido: 4 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor NGO » 03/04/2014 - 09:38:02

Bom,como sempre o faz,nota dez...exato suas considerações...ouço isto aqui com frequencia..."nossa esta arma é top e tem este defeito,ou este agrupamento."... mas o que é top?temos de ver isto onde a mesma é fabricada e para que...se visa ter preço não pode ser top nunca...a caos é que chega aqui a preço de top...ai já viu...idem pra lunetas,chumbos e tudo o mais que cerca nosso esporte.
NGO
AA Nivel 4
 
Mensagens: 736
Data de registro: 12/07/2010 - 14:43:59
Agradeceu: 53 vezes
Foi agradecido: 20 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Josemar Júnior » 03/04/2014 - 10:00:33

Eita Nippo descendente ficou jóia (melhorando a cada review), parabéns. Essas empresas deveriam lhe contratar para você fazer esse tipo de trabalho. Uma pergunta, você passa esses reviews para eles? Gamo por exemplo?
Josemar Correia de Aguiar Júnior
DAYSTATE AIR WOLF 5.5 MM / BUSHNELL ELITE 6500
VULCAN TACTICAL 5.5 MM / UTG COMPACT
(83) 99903-9881
Avatar de usuário
Josemar Júnior
Usuario VIP
 
Mensagens: 207
Data de registro: 26/07/2013 - 19:30:50
Localização: Campina Grande - PB
Agradeceu: 113 vezes
Foi agradecido: 33 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor thales » 03/04/2014 - 10:15:19

Reviewzaço, parabéns !
Editado pela última vez por thales em 09/08/2014 - 10:27:17, num total de 1 vezes
Avatar de usuário
thales
AA Nivel 1
 
Mensagens: 48
Data de registro: 26/11/2013 - 09:32:57
Localização: Andradina - SP
Agradeceu: 17 vezes
Foi agradecido: 8 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Evaldo Lucena » 03/04/2014 - 11:33:19

Anderson,

Mais um grande parabéns pra você!

Falo sempre que lá fora é comum, a carabina recen comprada ser aberta e relubrificada e passado um pente fino, pois como você já mencionou para que os preços fiquem acessiveis esse tipo de procedimento não é realizado em ambiente de fabrica.

Acredito que esse metodo adotado pelas fabricas sera cada vez mais comum.

Tem carabina que para deiuxar arrumadinha eu levo derca de 04 a 06 horas de trabalho, tira rebarba daqui, polimento ali e etc, imagina se isso fosse feito na fabrica qual o custo desse trabalho.

Quando instalo o GR faço um pacote no valor, e faços todos os reparos necessarios, umas com pouco detalhes outras com muitos detalhes mas, dificilmente apresenta alguma sem nada para arrumar.

O GR que vem de fabrica não posso precisar mas acredito que vem em torno de uns 60kg.

Forte abraço!

Evaldo Lucena
Evaldo Lucena
Moderador
 
Mensagens: 375
Data de registro: 10/10/2008 - 20:17:39
Localização: Camaçari-BA
Agradeceu: 3 vezes
Foi agradecido: 49 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 03/04/2014 - 19:24:05

Josemar Júnior escreveu:Eita Nippo descendente ficou jóia (melhorando a cada review), parabéns. Essas empresas deveriam lhe contratar para você fazer esse tipo de trabalho. Uma pergunta, você passa esses reviews para eles? Gamo por exemplo?


Nunca passei não.
Acredito que alguns fabricantes e lojistas devem ver ele aqui caso visitem o fórum.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor ksagrand69 » 04/04/2014 - 13:57:58

Está mais para "Monografia" os reviews do Andersonymk. :)
Gostei da arma, vamos ver com outro GR como se comporta.

Enviado de meu S4 pelo Tapatalk
|EDgun Matador 5,5 mm Long
ksagrand69
AA Nivel 2
 
Mensagens: 241
Data de registro: 13/05/2013 - 00:53:22
Localização: Frutal/MG
Agradeceu: 92 vezes
Foi agradecido: 30 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor HSumF » 05/04/2014 - 11:35:19

Parabéns pelo Review Anderson, mais uma vez impecável. {CLAP} Impressões:
1- Ela gostou dos chumbos de saia "grossa" (HN FTT e o CP), preterindo os JSBs...
2- Sua potência com o GR é semelhante a da Cometa Fenix c/ GR de 55kg (entre 620 a 650 c/ chumbos de 16gr). Potência razoável, mas abaixo da informada (ou esperada) p/ uma arma original com mola.
AF Condor .22
HSumF
AA Nivel 2
 
Mensagens: 258
Data de registro: 25/01/2013 - 11:24:35
Localização: Tupã-SP
Agradeceu: 35 vezes
Foi agradecido: 27 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 05/04/2014 - 14:57:58

HSumF escreveu:Parabéns pelo Review Anderson, mais uma vez impecável. {CLAP} Impressões:
1- Ela gostou dos chumbos de saia "grossa" (HN FTT e o CP), preterindo os JSBs...
2- Sua potência com o GR é semelhante a da Cometa Fenix c/ GR de 55kg (entre 620 a 650 c/ chumbos de 16gr). Potência razoável, mas abaixo da informada (ou esperada) p/ uma arma original com mola.


Sim, está correto em suas observações.
Esta carabina não gostou de chumbos de saia mais macia como os JSB. Os melhores resultados foram com aqueles de saia mais dura.
Uma opção seria usar os próprios chumbos da gamo, que acredito tenham um desempenho razoável nela para tiros informais e com um custo bem em conta.

Pelo que já usei de carabinas com molas à gás o esforça para armar fica na casa ai dos 55 a 60 Kg.
Instalei uma mola da FNA/Elite nela de 55Kg, dá para notar que o esforço de bascular é semelhante, porém como a mola da FNA é mais longa a carabina não pode ser armada.

Pelas suas observações pertinentes, tenho certeza que já sabe do que vou escrever abaixo, mas fica aqui a informação para aqueles que ainda não tem.
Dificilmente uma arma testada por nós atiradores atinge a velocidade indicada pelo fabricante.
Normalmente a velocidade do fabricante/lojista é sempre bem mais alta que a real atingida com os chumbos que normalmente usamos.
Essa diferença se deve porque usam projéteis feitos de material mais leve (alumínio por exemplo) e que atingem maior velocidade.
A situação ideal seria a fabrica/loja informar que a carabina tal tem X joule de energia usando um projétil de massa Y.

Abraço e bons tiros.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor jose.resende » 06/04/2014 - 10:12:55

Anderson, mais uma vez, parabéns pelo belo trabalho.
Não esperava encontrar esses problemas nesta arma. Tinha ouvido falar bem dela.

Agora fico triste porque se continuar fazendo esses reviews logo-logo vão te contratar pra trabalhar pras fabricas e você acaba abandonado a gente... rsrsrs

Sinceramente: Se as fabricantes e revendedoras não acompanham seus reviews estão perdendo uma grande oportunidade de conhecer (de verdade) o produto que trabalham...

Vocês (você e o Nogueira) deveriam procurar uma revista da área (como nossa patrocinadora) e propor uma coluna fixa mensal com seu trabalho, ou mesmo publicar uma revista especial (um livro seria melhor) com todos os reviews...


Parabéns mesmo amigo e muito obrigado pelos grandes conhecimentos compartilhados...
jose.resende
AA Nivel 1
 
Mensagens: 76
Data de registro: 03/08/2012 - 11:06:10
Localização: Uberaba - MG
Agradeceu: 17 vezes
Foi agradecido: 11 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Feitosa » 06/04/2014 - 10:33:10

jose.resende escreveu:Anderson, mais uma vez, parabéns pelo belo trabalho.
Não esperava encontrar esses problemas nesta arma. Tinha ouvido falar bem dela.

Agora fico triste porque se continuar fazendo esses reviews logo-logo vão te contratar pra trabalhar pras fabricas e você acaba abandonado a gente... rsrsrs

Sinceramente: Se as fabricantes e revendedoras não acompanham seus reviews estão perdendo uma grande oportunidade de conhecer (de verdade) o produto que trabalham...

Vocês (você e o Nogueira) deveriam procurar uma revista da área (como nossa patrocinadora) e propor uma coluna fixa mensal com seu trabalho, ou mesmo publicar uma revista especial (um livro seria melhor) com todos os reviews...


Parabéns mesmo amigo e muito obrigado pelos grandes conhecimentos compartilhados...

Concordo em gênero e número. Já está na hora de existir uma revista do AA. Tenho certeza que seria bem mais completa e com muito mais informação do que esses manuais vagabundo s que acompanham as armas. Eu mesmo tenho dificuldade em ler o manual da minha arma. Falta muita informação. Tenho certeza que muitos usuários pagariam por um review como esse, pelo menos o que possuem a arma pagariam.

Atenciosamente,
Feitosa
"A pior ditadura não é a que aprisiona o homem pela força, mas sim pela fraqueza, fazendo-o refém das suas próprias necessidades"

Sumatra 2500 500cc .22
Sumatra Carbine .22
Avatar de usuário
Feitosa
AA Nivel 2
 
Mensagens: 457
Data de registro: 06/03/2013 - 19:38:56
Localização: Teresina - PI
Agradeceu: 44 vezes
Foi agradecido: 65 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 06/04/2014 - 18:57:05

Interessante é sim.
Porém existe um problema que se chama disponibilidade de tempo.
Esta carabina estava comigo já a alguns dias para fazer este review, o qual me dedico nas horas vagas entre trabalho, treinos e competições.
Portanto faço a meu tempo.
Para escrever um artigo em algo periódico terei que cumprir com prazos e dai a coisa deixa de ser prazer e passa a ser obrigação.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Felipe Sousa » 07/04/2014 - 00:58:15

Excelente !! {CLAP} {CLAP} {CLAP}

Isso dito a respeito de um review do Anderson,fica até redundante.

Parabéns mais uma vez,pelo trabalho ,muito bem feito .
De pé e à ordem .´.
Beeman P-17 4.5 (Vendida)
CBC F18 Std kit Elite 60 kg (Vendida)
Beeman Dual Caliber 1072 gas Ram 55 kg Elite (Trocada)
Bam XS B50 4.5 ( Vendida)
CBC B15 4.5 (Vendida)
Cometa 220 4.5 Gas Ram de fábrica(Trocada)
Hatsan 135 Stock (Vendida)
Gamo Hunter 440 4.5 Personalizada por Evaldo GR 40 kg
Gamo Delta (Trocada)
Gamo Maxima 4.5 Gas Ram 40 kg (Vendida)
Weihrauch HW 30S 4.5
Hatsan AT44-10 com kit Frank-Martins com luneta BSA 6 X24-40 IR e Supressor RF(Xodó)
Felipe Sousa
AA Nivel 1
 
Mensagens: 165
Data de registro: 25/07/2012 - 21:18:46
Localização: Serrinha-BA
Agradeceu: 5 vezes
Foi agradecido: 5 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor mmurias » 07/04/2014 - 13:38:06

Realmente um Review de tirar o chapéu..............muito bom mesmo! {CLAP}

No final de 2012, resolvi voltar para o esporte e a referência que eu tinha desde a minha adolescência era a marca GAMO - hoje estou na casa dos quarenta, portanto isso tem perto de 25 anos...
Li um pouco para me "reciclar" e resolvi comprar uma GAMO com calibre 5,5............fiquei escolhendo mais um tempo........tecnologia nova IGT ( nova ao menos para mim! )..........preço razoável.....decidi e comprei a Hunter IGT 0.22

As conclusões ( e decepções ) que li no Review foram exatamente as mesmas que eu tive quando analisei ela pela primeira vez ( e realizei os primeiros disparos! )..............pecava em alguns aspectos no acabamento e agrupamentos não tão bons!

Como o ponto principal era a precisão, fiz alguns testes de agrupamentos e o chumbo que ela se saiu melhor foi o H&N Trophy também! Mesmo assim, confesso que fiquei um pouco decepcionado com ela. E o gatilho, simplesmente medonho! (((

Resolvi fazer dela meu "laboratório", na esperança de melhora-la. Desmontei ela inteira, fiz um acabamento descente na câmara (ficou espelhado!), troquei pistão original por um aliviado + bucha PU e pus um gas ram Elite de 50kg (reduzi, pois acredito que o IGT era de 55kg). Gatilho, "fucei" inteiro para deixar ele "cabelinho" (quem acabou de ler isso daqui deve estar pensando que sou louco......e sou mesmo!)
Em resumo,hoje estou utilizando um chumbo mais "leve", o JSB Exact Jumbo RS, consigo fazer agrupamentos "satisfatórios" com ela, tiros à 50mts apoiados no sandbag ( 9 e 10....vez e outra um 8 ). Esta montada nela uma luneta 3-9x40.

Como disse, ela é um dos meus "laboratórios" e caso venha fazer mais alguns testes e tenha resultados positivos ou não, volto a postar nesse tópico!

Depois de ler e pesquisar bastante, percebo que esta carabina foi feita para o mercado Europeu (Portugal, Espanha, França e Itália basicamente, porém você encontra ela para ser vendida por toda parte, inclusive nos EUA), especificamente para abater caça tamanho médio à media distância ( uma lebre à 25mts por exemplo ) . Quanto ao seu custo e durabilidade ambos baixos para o padrão europeu!

O que eu escrevi acima é a minha opinião sobre o assunto e não uma verdade absoluta........espero ter contribuído um pouco....abs :)
mmurias
AA Nivel 1
 
Mensagens: 9
Data de registro: 20/02/2014 - 22:13:56
Localização: Americana - SP
Agradeceu: 11 vezes
Foi agradecido: 1 vez

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 07/04/2014 - 18:10:53

Suas considerações estão corretas e sensatas.
Quanto à decepção em relação à carabina, isso se enquadra em muito do que vocês escreveu na sua experiência.
Principalmente porque tendemos posicionar as carabinas num patamar de qualidade e precisão acima do que ela realmente foi projetada.
Pate dessa expectativa acima da realidade se dá devido aos elevados preços que pagamos aqui no Brasil (independente de qual seja o motivo).

Um dos objetivos dos review é poder fornecer informações detalhadas sobre um determinada arma, que provavelmente deve estar na média de comportamento das armas do mesmo modelo.
Com isso quem tiver acesso à esse tipo de informação vai poder decidir com maior clareza se um determinado modelo vai ou não atender seus tipos de tiro.
Com isso o comprador pode fazer uma compra ciente do que esta comprando e o lojista pode vender ciente do que está entregado.
A parceria do fórum com os patrocinadores permite que muitas destas armas venham enriquecer as informações deste espaço e com isso acreditamos (AA e lojistas) que fique mais fácil do atirador decidir pela compra ou não de um determinado modelo.

Quanto aos defeitos de uma arma certamente eles também aparecerão por aqui, embora na maioria das vezes não podemos dizer que são realmente defeitos e estão mais para característica.

Ainda me lembro bem quando comprei minhas duas primeiras HW de mola.
Uma HW30S e uma HW50S.
Quando comprei as duas na Diabolo, comprei consciente que eram as carabinas top de linha, o melhor que o dinheiro podia comprar aqui no Brasil.
Então veio a decepção com ambas. Não porque eram ruins, mas porque a expectativa gerada em torono delas foi muito além da realidade.
- Ambas raspavam o braço na câmara
- Os gatilhos vieram muito pesados
- As armas não agrupavam bem
- Ambas vibravam muito e os parafusos não paravam no lugar.
No começo fiquei muito puto e muito decepcionado, cheguei a postar em outro fórum que estava decepcionado com a compra e arrependido.

Ainda me lembro que um membro daqui que tem cadastro lá também ter me alertado:
Netby me escreveu basicamente o seguinte:
Esses modelos na Europa (mercado para o qual foram fabricadas e projetadas) não são top de linha e sim armas de entrada, são carabinas para iniciantes.
Além disso o preço delas aqui e compatível com com a qualidade proposta nos modelos.

Deste dia em diante caiu minha ficha e agora entendo que quando vou comprara uma arma deve-se pensar para que objetivo ela foi feita no mercado de origem dela.
Ela é top lá? É de entrada?etc...

Resumindo, resolvi adotar o acontecido não como defeito das armas, mas como características do projeto.
Depois disso pesquisei e assim como você fez resolvi ajustar, e tunar as duas para que ficassem da forma como eu esperava.

Portanto, não devemos confundir o que esperamos da arma com aquilo para o qual ela foi projetada.

Voltando a Gamo Hunter IGT .22:
Como já citado este é um projeto desenvolvido para o mercado europeu.
Certamente lá quando a compram têm ciência que é uma arma de entrada para atividade de caça (aqui no Brasil não há regulamentação para a atividade no caso do ar comprimido e não é assunto permitido aqui).
A energia da arma condiz com a proposta dela, a mola à gás com maior carga proporciona essa energia, o gatilho pesado evita disparos acidentais durante a atividade o agrupamento condiz com a proposta da carabina.
Para nós que vamos comprara aqui basta decidir se o modelo vai se enquadra ou não no tipo de tiro a ser praticado. No caso de competições por exemplo nas silhuetas metálicas, a arma dá conta perfeitamente do recado, além de atividades relacionadas ao tiro informal.

Abraço e bons tiros.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor becker » 17/04/2014 - 21:05:07

ótimo review Anderson, como nos já havíamos comentado no chat... todas tem a mesma mecanica, shadow, hunter, whisper ( salvo supressor da ponteira do cano da whisper ), este defeito do centralizador do gr tinha em todas as que eu vi até agora, elas raspam o embolo no GR pela folga que deixaram na arruela de centralização do GR no embolo, não sei se foram poucos testes mas uma mancada feia da gamo, a minha raspava ali e quando tirei esta raspagem ela começou a raspar na biela tbem, fiz um insert de polimero logo após a dobra ( 1cm ) e parou de raspar, achei a gamo trancudinha pois seu GR é "fortinho" para ela, consegui quebrar 2 lunetas ( cbc, xingling ) devido ao tranco dela, como peguei a minha sabendo que ia vender não fiz polimento de camara e troquei a bucha dela por uma de PU pois a nova arrebentou com o diesel logo após uns 100 disparos, quando a vendi foi com a bucha de PU e enviei uma original nova, o novo dono logo reclamou que ela com poucos disparos estava perdendo força devido a problemas com a bucha, julgo que a minha estava com o transfer port rebarbado e devia detonar a bucha ( um polimento resolve fácil ), a gamo já teve acabamento e fez carabinas bem melhores... se pegasse uma hunter 440 com bloco de metal das antigas a 25 metros não precisava de GR para agrupar melhor do que as IGTs estão agrupando hoje, a minha só teve precisão satisfatória quando fiz testes com um GR de 40 quilos substituindo o original e a 25 metros os resultados foram muito bons porém ficava bem + fraca... digo que se eu tivesse comprado a SHADOW ou HUNTER estaria com ela até hoje pelo fato que não gosto de carabinas com thumbhole ( só tive certeza depois desta gamo rsrsr ) e este foi o motivo que me fez vender a minha... gostaria muito de uma gamo 1250 em 5.5 pois acho o raiamento da gamo muito bom mesmo é uma boa carabina.

Mais uma vez Anderson um excelente trabalho seu, parabéns aqui no AA tem "a" diferença nos reviews pelos seus posts pois são extremamente completos!
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
becker
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 30/07/2012 - 11:35:21
Agradeceu: 25 vezes
Foi agradecido: 62 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Andersonymk » 17/04/2014 - 21:18:28

Becker:
Agradeço as informações adicionais de grande importância e os elogios.
Nesses anos que estou no tiro de ar comprimido, já passei por muitas carabinas, em especial no começo, onde eu não conhecia os fóruns.
A esmagadora maioria foi comprada sem ter informação correta sobre elas e acabei comprando muita coisa que não me serviu.
Por isso sempre procuro dar o máximo de informação nos meus review, pois assim facilita quem está afim da compra se decidir.

Abraço e bons tiros.
Andersonymk
AA Nivel 5
 
Mensagens: 1894
Data de registro: 14/12/2010 - 23:33:26
Localização: Teresópolis, RJ
Agradeceu: 71 vezes
Foi agradecido: 585 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Angelo » 08/05/2014 - 22:13:48

Parabéns Anderson pelo seu trabalho, muito bem explicado. Quanto ao Gas Ran, é de 50Kg , note na peça a inscrição REF- 35450-R . A dezena final indica a carga, pois tenho uma CFR IGT e tem a mesma dezena final, indicando ser de 50 KG.

Abraços,
Angelo.
Angelo
AA Nivel 1
 
Mensagens: 18
Data de registro: 04/07/2012 - 13:39:04
Agradeceu: 1 vez
Foi agradecido: 0 vez

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Antornogueira » 12/05/2014 - 19:16:18

up
RIFA Range Finder Bushnell camuflado Clique Aqui

Nao quer cagar, nao come
Avatar de usuário
Antornogueira
Administrador
 
Mensagens: 4690
Data de registro: 11/08/2008 - 23:27:55
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 55 vezes
Foi agradecido: 234 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Fernando Zaitsev » 13/05/2014 - 21:46:11

Muito bacana, Anderson. K-cêta, você esta se especializando em reviews, sô.
Parabéns !!
Imagem
Fernando Zaitsev
AA Nivel 1
 
Mensagens: 152
Data de registro: 07/12/2010 - 23:38:05
Localização: Rio de janeiro - RJ
Agradeceu: 8 vezes
Foi agradecido: 0 vez

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Marcosalex77 » 14/05/2014 - 07:45:43

Muito bem feito o review...
Parabéns!!! {CLAP}
Marcos Alexandre
----------------------------------------------------------------
- PCP BSA R10 5,5
- HW 30-S 4,5
- Cometa 220 4,5 + SMS GR
- Cometa 220 4,5 Mola Helicoidal
- Luneta Barska SWAT 6-24X60 IR Mildot
- Caldwell The Rock Deluxe Rest
Marcosalex77
AA Nivel 1
 
Mensagens: 25
Data de registro: 06/09/2013 - 17:29:25
Localização: Araxá - MG
Agradeceu: 0 vez
Foi agradecido: 4 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Marcosalex77 » 14/05/2014 - 07:46:18

Muito bem feito o review...
Parabéns!!! {CLAP}
Marcos Alexandre
----------------------------------------------------------------
- PCP BSA R10 5,5
- HW 30-S 4,5
- Cometa 220 4,5 + SMS GR
- Cometa 220 4,5 Mola Helicoidal
- Luneta Barska SWAT 6-24X60 IR Mildot
- Caldwell The Rock Deluxe Rest
Marcosalex77
AA Nivel 1
 
Mensagens: 25
Data de registro: 06/09/2013 - 17:29:25
Localização: Araxá - MG
Agradeceu: 0 vez
Foi agradecido: 4 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Antornogueira » 06/10/2014 - 08:14:50

Esta é uma das que será sorteado no encontro em Saquarema, dia 8/Nov/2014
RIFA Range Finder Bushnell camuflado Clique Aqui

Nao quer cagar, nao come
Avatar de usuário
Antornogueira
Administrador
 
Mensagens: 4690
Data de registro: 11/08/2008 - 23:27:55
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 55 vezes
Foi agradecido: 234 vezes

Re: Review Gamo Hunter IGT .22 - Dispropil

Mensagempor Antornogueira » 21/02/2019 - 17:40:16

up
RIFA Range Finder Bushnell camuflado Clique Aqui

Nao quer cagar, nao come
Avatar de usuário
Antornogueira
Administrador
 
Mensagens: 4690
Data de registro: 11/08/2008 - 23:27:55
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Agradeceu: 55 vezes
Foi agradecido: 234 vezes



  • ANÚNCIOS

Retornar para Reviews

You must be a Registered User to Chat in the Shoutbox
Ai galera mais uma caçadinha de final de semana deixem la o like se gostarem https://youtu.be/3kJ9UpiBt7o
fiim
06/06/2019 - 14:13:12
Vendo Pistola WE Mini CT 25 gbb 6mm peça rara, única à venda no Brasil cabe na palma da mão Link "Armas de gás"
João Estevam
04/06/2019 - 15:03:37
Boa noite, gostaria de saber se alguém tem pra vender Mount Utg tubo de 30mm perfil baixo?
Euzimar Oliveira
28/05/2019 - 22:06:03
Boa Noite pessoal preciso do guardamato da at44 pode ser original ou fabricado artesalnamente meu whats é 16 99296-5623 obrigado
ederred
27/05/2019 - 19:35:32
Pistola Tokyo Marui gbb 6mm ver Link Compra e venda e Armas de Gás
João Estevam
26/05/2019 - 22:28:20
fiim
23/05/2019 - 09:27:16
gostaria de informar que estamos fazendo manutenção em carabinas de ar aqui no rio de janeiro, posso ser encontrado nos telefones 39880311 ou 970054854 jose luiz
LEAOJOSE
16/05/2019 - 13:58:57
Ola, existe alguma outra forma de eniar imagem para o site que nao seja pelo imageshack ?
jrps2007
16/05/2019 - 00:03:58
Moro em São Paulo - SP, Alguém conhece locais para treino ? tenho uma Rossi 4,5mm
everaldo153
14/05/2019 - 13:56:05
Boa noite, onde consigo silenciador da s200? Grato
thiagonunes88
10/05/2019 - 19:56:11
cilindro e regulador da s200, onde consigo? boa tarde
thiagonunes88
10/05/2019 - 16:37:23
O CANO 6.35MM QUAL MENOR PREÇO? COMO FAÇO PRA COMPRAR?
topoeng
07/05/2019 - 17:00:12
São paulo
unicos_ig
03/05/2019 - 05:47:06
Bom Dia Caros Amigos do Site! Mais uma vez trazendo uma Case Exclusiva importada direto dos EUA: viewtopic.php?f=3&t=26211
Davi_Ogata
29/04/2019 - 09:33:50
Boa noite, hw 97 só 3000 reais, viewtopic.php?f=3&t=26191
thiagonunes88
24/04/2019 - 18:32:00
meu zap 19 991551087
NGO
22/04/2019 - 09:19:50
bom dia senhores,região de campinas,alguma carabina mola em 5,5 a venda(abaixo de 1500,00),preferencia que suporte bem luneta(sem muita força)
NGO
22/04/2019 - 09:19:40
Daisy
hidden
18/04/2019 - 00:29:03
Daisy
hidden
18/04/2019 - 00:28:33
Continua a venda a Tokyo Marui Detonics 45 gbb airsoft 6mm ver no link Compra e Venda e Equipamentos e Acessórios
João Estevam
16/04/2019 - 10:00:11
Aí galera, se alguém tiver interessado em aumentar a potência da Pistola Beeman P17 segue o link, https://www.youtube.com/watch?v=xWpeBSz0xvc .. só compartilhando com os colegas do tiro! Valeu!
caricadmm
09/04/2019 - 02:33:50
gostaria de informar que estamos fazendo manutenção em carabinas de ar aqui no rio de janeiro, posso ser encontrado nos telefones 39880311 ou 970054854 jose luiz
jose luiz
24/03/2019 - 13:32:23
COMO FAÇO PRA ANUNCIAR AQUI ?
fabiano pires
20/03/2019 - 09:31:15
Boa noite! Estou buscando mais informações sobre o equipamento scatt de treinamento laser alguém saberia me passar algum Review algo do tipo
Raphael
17/03/2019 - 18:36:51
Quem tem uma Cometa 50 ? Criança chorando ! Compro .
mazinhowaldemar
24/02/2019 - 09:31:15
Qual a especificação da luneta?
ERIVALDO
18/09/2018 - 22:31:31
A saxon vem com o adaptador de recarga, o certificado e a faca que vem junto de fabrica?
ERIVALDO
18/09/2018 - 22:31:11
me manda mensagem no pv
maskote
13/09/2018 - 15:04:04
eu tenho fabiano pires
maskote
13/09/2018 - 15:03:52
Alguem vendendo luneta de visão noturna?
fabiano pires
11/09/2018 - 08:03:56
Cricket a venda ainda amigo
LucasCJ
08/09/2018 - 09:59:34
Crickey a venda ainda amigo
LucasCJ
08/09/2018 - 09:58:51
Boa noite Já vendeu a cricket amigo ?
clayrton
07/09/2018 - 20:33:31
Já vendeu a cricket amigo ?
clayrton
07/09/2018 - 10:23:24
CBC comando
Igor Velame
02/09/2018 - 18:02:41
  Online List:


Quem está online

Usuários vendo este fórum:: Nenhum usuário registrado online